Comitê Rio 2016 rebate críticas do vice-presidente do COI

Douglas Corrêa
Agência Brasil

Em resposta às críticas do vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), John Coates, os organizadores da Rio 2016 destacaram os avanços na organização dos primeiros Jogos Olímpicos e Paralímpicos da América do Sul. comitê brasileiro divulgou duas iniciativas recentes: a divulgação do orçamento dos projetos do legado para a cidade e o lançamento das licitações do Parque Olímpico de Deodoro – classificadas como determinantes para a evolução do projeto.

Hoje (29) em Sydney, na Austrália, John Coates criticou a organização dos jogos, afirmando que a preparação da olimpíada era “a pior que ele já vira”, e comentou que não tinha um plano B para as Olimpíadas de 2016.

Para o Comitê Rio 2016, “os anúncios recentes do orçamento para os projetos de infraestrutura e legado, além do lançamento da licitação para as obras do Parque Olímpico de Deodoro são iniciativas cruciais e inequívocos sinais de avanço”.

Na nota o comitê diz ter “uma missão histórica: organizar os primeiros Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Brasil e da América do Sul. Vamos cumprí-la”.

Notícias Relacionadas