Portuguesa recebe o conturbado Santa Cruz no Canindé

São Paulo – Em partida válida pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, a Portuguesa recebe o Santa Cruz (PE), neste sábado (26), às 16h20, no estádio do Canindé, em São Paulo. O clube lusitano quer conquistar seus primeiros pontos da competição, enquanto o Santa Cruz, que empatou na primeira rodada com o ABC (RN) por 1 a 1, quer uma vitória fora de casa para conseguir uma boa sequência.

O técnico da Portuguesa, Argel Fucks, conta com três novos atletas recém-contratados. Os laterais Arnaldo, ex-Mirassol, e Eduardo, ex-São Bernardo, e o meia Allan Dias, que veio do Red Bull. Todos já treinam junto com o restante do elenco e estão à disposição para jogar.

O meia Felipe Nunes espera o apoio do torcedor na partida ante o time pernambucano. “Nós treinamos forte e estamos focados, o Santa Cruz tem tradição e sempre conta com o apoio do seu torcedor lá, aqui deve ser do mesmo jeito, esperamos que o nosso torcedor venha e torça, nos ajudando a fazer um bom jogo para conseguirmos uma vitória”, comentou.

Pelo lado do visitante, o técnico Sérgio Guedes afirmou que seu time já está montado e que espera um bom resultado na casa da Portuguesa. “Basicamente, o time está definido, pois realizamos um trabalho tático com jogadores de características diferentes, mas com as mesmas funções. Fizemos observações e, agora, a gente senta e define o time. Gostei do que eu vi e espero uma reação de todos neste momento”, disse.

Apesar dos problemas de invasão ao centro de treinamento, o treinador deve manter o mesmo time da primeira rodada. O destaque da equipe e artilheiro do estadual com 12 gols, Léo Gamalho, é a grande arma da equipe para vencer a primeira partida no Nacional.

Portuguesa e Santa Cruz já se enfrentaram 16 vezes pelo Campeonato Brasileiro unificado (um jogo pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa e 15 pelo atual Brasileirão) e na maioria das vezes o empate prevaleceu, sendo 11 no total, além de três vitórias do time pernambucano e duas do time paulista.

A maior vitória da equipe rubro-verde aconteceu em 1973, por 4 a 0, no Estádio do Arruda, já o Santa Cruz nunca venceu por mais de um gol de diferença.

Ficha Técnica

Portuguesa: Gledson; Régis, Gustavo Tabalipa, Dejair e Diego Silva; Coutinho, Vander, Felipe Nunes e Gabriel Xavier; Laércio e Luan.
Técnico: Argel Fucks.

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Oziel, Everton, Renan e David; Sandro, Luciano Sorriso, Raul e Flavio; Betinho e Léo Gamalho.
Técnico: Sérgio Guedes.

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF);
Assistentes: Wendel de Paiva Gouveia (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ);
Quarto árbitro: Antonio Rogério Batista do Prado (SP);
Local: Estádio Doutor Osvaldo Teixeira Duarte, o Canindé, em São Paulo;
Data: Sábado (26), às 16h20.

Notícias Relacionadas