Dado Dolabella é convocado pela polícia para depor sobre agressão

 Dado foi afastado da novela "Vitória", que ficará no lugar de "Pecado Mortal", e teve seu contrato - com validade até o ano que vem - rescindido pela Record.(Foto: Reprodução)
Dado foi afastado da novela “Vitória”, que ficará no lugar de “Pecado Mortal”, e teve seu contrato – com validade até o ano que vem – rescindido pela Record.(Foto: Reprodução)
A copeira que teria sido xingada por Dado Dolabella nas gravações da novela “Vitória” em Curaçao, no Caribe, confirmou a agressão verbal feita pelo ator. Em depoimento na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) nesta sexta-feira (25), a vítima reafirmou a versão dos fatos apresentada pelo produtor Carlos Henrique Andrade de Araújo na semana passada.

“Ela disse que não tinha café nos bastidores e, por isso, foi xingada por Dado. O produtor foi, então, acalmá-la, só que o ator não gostou dessa postura e o empurrou. Como ele estava próxima a uma escada, caiu e torceu o pé”, diz o delegado Marcos Cipriano, responsável pelo caso, ao Purepeople. “Outra testemunha do fato já prestou depoimento e também reafirmou tudo”.

Segundo o site Pure People, do MSN Entretenmento, o próximo passo do inquérito policial será o depoimento do Dado Dolabella. O ator já foi convocado e vai ser ouvido na semana que vem. Em entrevista ao Purepeople, o artista afirmou que irá à delegacia para apresentar sua versão dos fatos. “Vou com certeza. Não devo nada a ninguém e não teve nada disso. Quem não deve, não teme”.

O produtor Carlos Henrique Andrade de Araújo foi encaminhado para exame de corpo de delito, mas o resultado ainda não está pronto. Com o laudo e todos os depoimentos prestados, o inquérito será encaminhado para o Juizado Especial Criminal (Jecrim). Dado Dolabella poderá responder pelos crimes de lesão corporal e ameaça.

Demissão – Por causa da confusão, Dado foi afastado da novela “Vitória”, que ficará no lugar de “Pecado Mortal”, e teve seu contrato – com validade até o ano que vem – rescindido pela Record. “Esta não é a primeira história de agressão envolvendo o ator e, desta maneira, ficou difícil levar o contrato adiante”, afirma a assessoria de imprensa da emissora.

Em sua conta no Instagram, Dado fez um breve comentário sobre a rescisão. “Prefiro não acreditar que a Record esteja agindo desta forma. Sem mais comentários”, limitou-se a escrever o ator na rede social, na noite de quinta-feira (24). (Pure People)

Notícias Relacionadas