Após denúncias da PF, Alexandre Padilha cancela eventos em SP

Alexandre Padilha (PT), pré-candidato ao Governo de São Paulo
Alexandre Padilha (PT), pré-candidato ao Governo de São Paulo
O pré-candidato ao Governo de São Paulo, Alexandre Padilha (PT), cancelou os eventos que faziam parte da Caravana Horizonte Paulista, criada para divulgar o nome do ex-ministro no estado. Na manhã de hoje, Padilha não deu as caras em um encontro marcado com empresários e políticos em Marília, no interior de São Paulo.

Os compromissos foram cancelados após a Polícia Federal (PF) apontar indícios de que Padilha foi o responsável por indicar Marcos Cezar Ferreira de Moura para a diretoria do Labogen, laboratório do doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava Jato sob suspeita de chefiar um esquema de lavagem de dinheiro que movimentou R$ 10 bilhões. O ex-ministro usou o Twitter para repudiar as suspeitas da PF.

A única agenda mantida pelo pré-candidato foi um café da manhã com o prefeito de Vera Cruz e lideranças locais, no entanto, o atendimento a imprensa que estava previsto foi cancelado. Os eventos em Paraguaçu, Assis, Ourinhos e Santa Cruz do Rio Pardo também foram cancelados.

Uma coletiva de imprensa está marcada às 16 horas, Padilha vai falar sobre as suspeitas da Polícia Federal. O local ainda não foi confirmado. (Diário do Poder)

Notícias Relacionadas