Paulo Souto destaca necessidade de reequilibrar finanças da Bahia

O pré-candidato ao governo, Paulo Souto, destacou a necessidade de organizar as contas do estado para que seja possível melhorar a qualidade dos serviços públicos. “Sem reequilibrar as finanças públicas do estado da Bahia, tudo mais é promessa vazia”, afirmou em entrevista pelo telefone ao programa Primeira Página da Rádio Povo de Jaguaquara, na manhã desta quinta-feira (24).

Segundo Souto, para atingir o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços públicos essenciais de segurança, saúde e educação tão reclamados pela população é imprescindível corrigir o descalabro em que se encontram as finanças do estado sob a gestão do governador Jaques Wagner.

“Em todo momento, é noticiado que um serviço de saúde ou uma escola é paralisado em razão do não pagamento de fornecedores. A situação de desequilíbrio que ocorria episodicamente se tornou crônica. Atualmente o atraso na quitação das despesas é frequente”, explicou o pré-candidato oposicionista.

Para Paulo Souto, quem vencer as eleições governamentais deste ano vai precisar realizar uma gestão de austeridade com a redução dos gastos supérfluos para reequilibrar as finanças do estado.

Ao lado dos companheiros de chapa, Geddel Vieira Lima e Joaci Góes, Souto visita a Tribuna da Bahia nesta manhã e, depois, dá entrevista ao programa Que Venha ao Povo, na TV Aratu. À tarde, vai à Associação Comercial da Bahia.

Notícias Relacionadas