Deputados prometem atenção especial a projeto que reestrutura carreira na PM

Após o clima de tensão, provocado pela greve dos policiais militares e, em sequência, a prisão de um dos líderes, o vereador Marco Prisco (PSDB), os deputados estaduais prometem se debruçar sobre o projeto de reestruturação de carreiras e modernização da Polícia Militar da Bahia, a ser enviado para a Assembleia Legislativa. O projeto deve chegar à Casa nas próximas semanas, mas antes de ser votado deve ser esmiuçado, conforme prevê o líder do governo no Parlamento, deputado Zé Neto (PT).

“Estamos aguardando chegar à Casa, e a proposição só será votada quando uma negociação for processada. Vamos discutir o projeto, ouvir os deputados que deverão fazer suas contribuições, além das organizações envolvidas”, assegurou o líder governista. Nos bastidores, consta que as informações estão sendo ajustadas e aqueles pontos que não contemplarem o anseio dos policiais devem ser acordados com as lideranças da Assembleia Legislativa para serem atendidos. O líder governista frisou que a produtividade está positiva.

“Estamos com uma pauta tranquila, pois votamos muitos projetos na semana passada”, disse, se referindo à proposta de antecipação dos royalties, com o objetivo de cobrir o déficit da Previdência. O projeto está sendo questionado na Justiça baiana pela oposição, que aponta prejuízos para a economia do estado. (Lilian Machado, Tribuna)

Notícias Relacionadas