André Vargas diz a comando do PT que vai se defender ‘até o final’

Vargas: ''Tenho direito de me defender''. (Foto: Agência Brasil)
Vargas: ”Tenho direito de me defender”. (Foto: Agência Brasil)
Em clima de tensão, o deputado André Vargas (PT-SP) se reuniu com a cúpula do PT nesta terça-feira e avisou que quer se defender até o final. O encontro teve a participação do presidente nacional do PT, Rui Falcão, e do líder do partido na Câmara, deputado Vicentinho (SP). A reunião foi confirmada por integrantes do PT e por participantes.

André Vargas passou o dia articulando apoios dentro da bancada, o que irritou a cúpula do partido. Segundo relatos, Rui Falcão voltou a insistir na renúncia de Vargas, mas recebeu a seguinte resposta:

— Tenho direito de me defender. Vou me defender até o final —disse André Vargas.

A estratégia de André Vargas teve reflexo no Conselho de Ética. A pedido dele, o deputado Zé Geraldo (PT-PA) pediu vista do parecer preliminar favorável à investigação do petista.

Um dos participantes do encontro resumiu:

— Não adianta mais pressionar. Por ora, ele não vai renunciar.(Cristiane Jungblut, O Globo)

Notícias Relacionadas