Policiais militares do RN anunciam paralisação nesta terça

Policiais militares e bombeiros do Rio Grande do Norte anunciaram uma paralisação geral para terça-feira (22) em todo o Estado. A Associação dos Cabos e Soldados da PM potiguar diz esperar adesão de 80% da categoria. Acampados há duas semanas em frente à sede do governo do Estado, em Natal, policiais e bombeiros se reuniram na tarde desta segunda-feira (21) com o procurador-geral do Estado, Miguel Josino, para discutir a situação. No entanto, decidiram manter a paralisação ao menos por um dia.

“O procurador-geral nos prometeu tentar viabilizar amanhã [22] um encontro com o governo do Estado. Caso haja avanços em nossas reivindicações, a paralisação será de apenas um dia. Caso contrário, continuaremos com os braços cruzados”, disse o presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte, Rodrigo do Nascimento.

Entre as 11 reivindicações das categorias estão a aprovação de lei de promoção de praças e reajuste salarial de 56,8%. No sábado (19), uma reunião da cúpula da segurança pública no Estado discutiu a revisão da lei de promoção de praças, entre outras medidas. O secretário de Segurança Pública do Estado, Elieser Monteiro Filho, disse que policiais e bombeiros serão penalizados caso suspendam trabalhos.

“A bandeira que está sendo levantada é uma bandeira política. Já demos nossa resposta, levantamos vários pontos na reunião de sábado. Se mesmo assim quiserem insistir numa paralisação, haverá penalidades”, disse. (Luca Reis, Folha de S. Paulo)

Notícias Relacionadas