Prisco está muito abatido e “isolado do mundo”, diz advogado

O habeas corpus do vereador Marcos Prisco, líder da greve da PM que terminou na quinta-feira, será julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. De acordo com o advogado de Prisco, Vivaldo Amaral, o pedido foi enviado ao STF e estava previsto para ser julgado pelo presidente da instância, Joaquim Barbosa, na noite deste sábado (19).

Caso a decisão seja favorável ao vereador, que foi preso pela Polícia Federal na sexta-feira (18) – um dia após o fim do movimento, Prisco poderá ser solto e retornar para Salvador logo em seguida. O líder do movimente grevista foi surpreendido pela polícia enquanto descansava em um resort do complexo hoteleiro Costa do Sauípe, no Litoral Norte.

“Ele está muito abatido, está chorando muito porque é outra realidade né?”, diz o advogado de Prisco, Vivaldo Amaral. “Ele está em uma penitenciária isolado do mundo, só mantendo contato com os advogados”. (Correio)

Notícias Relacionadas