Prisco divide cela na Papuda com 16 presos de alta periculosidade

O vereador Marco Prisco, que liderou a greve da Polícia Militar da Bahia, divide cela no Presídio Federal da Papuda, em Brasília, com outros 16 internos de alta periculosidade, de acordo com a assessoria da Associação de Soldados, Bombeiros e seus Familiares (Aspra).

Prisco, que foi detido na última sexta, 18, não está se alimentando, já que, de acordo com a Aspra, ele tem dieta balanceada, por conta de problemas de saúde.

A defesa do vereador aguarda a decisão do pedido de habeas corpus, que é analisado pela ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF). A expectativa é que o processo seja julgado até esta segunda, 21, quando acaba o plantão do feriado. (A Tarde)

Notícias Relacionadas