Marcos Medrado diz que seu filho foi maltratado por presidente da Bahiatursa

Marcos Medrado e Diogo: deputado do Solidariedade consegue retomar boquinha no governo com cargos generosos para currículos sofríveis (Foto: Reprodução/Internet)
Marcos Medrado e o filho Diogo (Foto: Reprodução/Internet)
O deputado federal Marcos Medrado (Solidariedade) confirmou hoje que seu filho, Diogo, desistiu de assumir a diretoria de Orçamento da Bahiatursa depois de uma conversa com o presidente do órgão, Fernando Ferrero. Segundo o blog Política Livre, Medrado não quis sequer citar o nome do presidente da Bahiatursa, seu filho foi “maltratado” por Fernando Ferrero, motivo porque desistiu de ser nomeado ao órgão, conforme já havia sido combinado com o governador Jaques Wagner.

No encontro, Ferrero teria afirmado que Diogo não teria muito o que fazer na Bahiatursa, podendo ser nomeado, mas ficar em casa se quisesse. Medrado contou ainda que tratou do assunto com o governador Jaques Wagner, que o chamou para uma conversa, mas nada foi resolvido e Diogo já decidiu que não quer mais assumir o posto.

Em protesto, o deputado, que também preside o Solidariedade na Bahia, teria faltado à última reunião do Conselho Político do governo, realizada na última segunda-feira, turbinando as suspeitas de que pode migrar para a chapa oposicionista encabeçada pelo ex-governador Paulo Souto (DEM). O deputado não quis adiantar qual será sua posição com relação ao governo, mas mandou um recado: – Diogo tem por trás dele um partido. E o presidente da Bahiatursa tem por trás quem?

Notícias Relacionadas