Contusão de Neymar não é grave, garante médico.

A contusão de Neymar, que vai afastá-lo dos gramados por um mês, não é grave e não deve deixar ninguém preocupado quanto à participação do craque da seleção brasileira na Copa do Mundo. Em entrevista ao GLOBO, o chefe médico do Comitê Organizador da Rio-2016, ortopedista João Grangeiro, disse que o jogador deverá manter o pé longe da bola no período de recuperação, mas poderá seguir treinando. Segundo ele, um atleta de alto nível com edema ósseo no quarto metatarso não precisa deixar de participar dos treinos de condicionamento físico e dos trabalhos musculares.

– A única precaução nesse caso é evitar que a região do edema sofra novo estresse. Ou seja, um chute na bola, por exemplo. Nada impede que o atleta possa continuar a fortalecer sua musculatura e aprimorar a capacidade cardiopulmonar – disse Grangeiro, que já foi o médico de algumas delegações do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), inclusive da que esteve nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.(Victor Costa, O Globo)

Notícias Relacionadas