Greve da Polícia Militar ainda não foi decidida; Arrastões deixam população aflita.

Cartazes contra o governador Wagner tomam conta do Wet'n Wild.
Cartazes contra o governador Wagner tomam conta do Wet’n Wild.
Salvador – O grupo de oficiais militares que foi à Casa Militar do Governo do Estado está sendo esperado no final da tarde desta terça-feira (15) para a assembleia dos policiais no Wet’n Wild, na avenida Paralela. O grupo entregou ao governo uma proposta da categoria sobre as reivindicações trabalhistas.

Arrastões estão acontecendo em vários pontos da cidade. Stiep, Salvador Shopping, Costa Azul, Liberdade e Rio Vermelho são alguns pontos onde ocorreram denúncias à polícia. As autoridades orientam a população para que não se deixe levar pelos boatos que estão sendo espalhados pelas redes sociais.

Policiais vieram do interior do estado para participar da assembleia. Toda a área de show do Wet’n Wild está ocupada por mais de 10 mil PMs, que vão analisar também o projeto de reestruturação e modernização da Polícia Militar divulgada há uma semana pelo governador Jaques Wagner.

O trânsito na Avenida Paralela começou a registrar congestionamento a partir das 17h30. Mas a Superintendência de Trânsito e Transportes de Salvador (Transalvador) informou que que a situação está sob controle e que o fluxo pode ser considerado normal, apesar da assembleia dos policiais no Wet’n Wild;

Leia também:

Notícias Relacionadas