Salvador – Para o enfrentamento da dengue em Salvador, a Prefeitura retoma nesta terça-feira (15), a partir das 8h, na região do Centro Histórico, a ação de abertura de imóveis fechados e/ou abandonados para detecção de possíveis criadouros e focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença. O ponto de partida será a Rua Boulevard Suíço, no bairro de Nazaré (atrás do Bradesco).

A linha de atuação foi iniciada na semana passada, quando os profissionais da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), com o auxílio de um chaveiro, inspecionaram 22 residências nos bairros da Pituba, Itaigara e Caminho das Árvores. Durante a ação, foram identificados focos do mosquito em dez casas visitadas.

O Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 20 e 25 de março, apontou que o Índice de Infestação Predial (IIP) na capital subiu para 3,2%, ou seja, a cada 100 imóveis visitados, pouco mais de três apresentaram focos do mosquito. O estudo revelou ainda que os depósitos preferenciais estão dentro dos domicílios como vasos e pratos de plantas, bebedouros de animais e caixa d’água.

Notícias Relacionadas