Motorista e cobrador que espacou homem até a morte são indiciados

Salvador – O delegado Neuberto Costa, titular da Delegacia de Homicídios de Vitória da Conquista, indiciou o motorista Luiz Carlos dos Santos Silva, o “Carlinhos”, 51 anos, e o cobrador Nílton da Silva Santos Filho, o “Niltinho”, 42, acusados de espancar Antônio José dos Anjos, o “Branco”, 42, até a morte, após uma briga no povoado da Gameleira, zona rural de Conquista, no último sábado (5).

A polícia apurou que a briga ocorreu depois que Branco caiu num atoleiro da estrada de terra, dirigindo um Fox e ocasionando um grande engarrafamento. A vítima, que sofria de transtornos mentais, sacou um canivete e desferiu alguns golpes na direção dos agressores. Um grupo, formado por Carlinhos, Niltinho,e outros motoristas inconformados com o engarrafamento, reagiu, dominou Branco e iniciou o linchamento.

Ferido na cabeça, ele morreu em decorrência de traumatismo craniano, provocado pelos golpes desferidos com um o instrumento contundente, conforme constatação do laudo pericial. Carlinhos e Niltinho vão responder criminalmente por lesão corporal seguida de morte.

Segundo o delegado Neuberto Costa, as outras pessoas que participaram da agressão estão sendo identificadas e intimadas a comparecer, nos próximos dias, na DH/Conquista, para serem interrogadas.

Notícias Relacionadas