Paulo Souto é o candidato a governador, com Geddel disputando o Senado.

Acabou a novela que parecia não ter fim. Paulo Souto (DEM) é o candidato da oposição ao Governo da Bahia. Geddel Vieira Lima (PMDB) foi convencido pelo prefeito ACM Neto e aceitou disputar a vaga ao Senado e Joaci Góes (PSDB) será o candidato a vice-governador.

A decisão saiu de uma reunião do prefeito com as lideranças do DEM, PMDB e PSDB. João Gualberto, ex-prefeito de Mata de São João (PSDB), que trabalhava para ser o vice, disputará uma vaga à Câmara Federal.

A chapa será apresentada oficialmente na segunda-feira (14), em um grande evento, com local ainda não definido, segundo informou há pouco o deputado estadual Paulo Azi, presidente do DEM baiano.

Em nota à imprensa, o DEM destacou que atendendo à expectativa de toda a Bahia, “a oposição vai caminhar unida rumo às eleições majoritárias deste ano. Hoje pela manhã, com a presença do prefeito ACM Neto, foi selada a união das oposições, que culminou com uma aliança histórica e a composição da mais forte chapa para disputar e vencer o pleito eleitoral, colocando os interesses da Bahia em primeiro plano”.

A nota do DEM diz ainda: “Vale destacar que os partidos da oposição tiveram a capacidade e a maturidade de somar forças para apresentar um projeto alternativo e conjunto, cujo principal foco é fazer com que o Estado retome o caminho do desenvolvimento econômico, social e a liderança que sempre teve no Nordeste”.

Leia também:

Notícias Relacionadas