Será que o ferryboat “zumbi” vai resolver o problema? Serviço segue abaixo da crítica.

A cena é comum nos atracadouros do ferry: navios quebrados e desativados. De seis, só três operam. O jeito é esperar pelo "zumbi". (Foto: Jornal da Mídia/06/04/2014)
A cena é comum nos atracadouros do ferry: navios quebrados e desativados. De seis, só três operam. O jeito é esperar pelo “zumbi”. (Foto: Jornal da Mídia/06/04/2014)

REDAÇÃO DO JORNAL DA MÍDIA

Salvador – As queixas de usuários contra o Sistem Ferryboat continuam. São saídas atrasadas dos terminais, dificuldade para comprar passagens devido ao pouco número de guichês, número de embarcações em tráfego sempre insuficiente para atender à demanda e terminais marítimos abandonados, principalmente o de Bom Despacho, onde o matagal toma conta e os buracos na pista de saída para a BA-001 assustam baianos e turistas.

Apesar de possuir uma frota de seis embarcações ”em condições de tráfego”, a concessionária Internacional Marítima coloca sempre três ou no máximo quatro em operação, mesmo que os pátios para embarque estejam lotados de veículos, suficientes para mais dois ou três ferries. Um funcionário da Internacional é questionado: “Por que não coloca um horário extra?”. A resposta é imediata e sincera: “Porque não tem ferry”. As embarcações ”reformadas”, como o Maria Bethânia e o Agenor Gordilho, vivem constantemente nas gavetas de atracação – uma em São Joaquim e outro e Bom Despacho. E a Agerba, a agência de fiscalização, também não faz nada. Os comentários entre os usuários e até funcionários são de que a empresa tem uma qualidade de serviço bem abaixo da TWB, antiga concessionária.

O matagal toma conta do Terminal de Bom Despacho, passando para os turistas (os baianos já estão acostumados com a cena)  uma imagem de abandono.  Nem uma simples roçagem é feita - a última foi providenciada pela Agerba, através do diretor Bruno Morais. (Foto: Jornal da Mídia: 06/04/2014)
O matagal toma conta do Terminal de Bom Despacho, passando para os turistas (os baianos já estão acostumados com a cena) uma imagem de abandono. Nem uma simples roçagem é feita – a última foi providenciada pela Agerba, através do diretor Bruno Morais. (Foto: Jornal da Mídia: 06/04/2014)
Dizem que a concessionária está esperando o ferryboat “zumbi”, que é usado, e que foi comprado pelo Governo do Estado na Gécia e anunciado na Bahia, com estardalhaço, como “novo”. Mas será que o “zumbi” vai resolver mesmo o problema? Esta é pergunta que os usuários fazem. A Agerba e a Seinfra não deram mais notícias do “zumbi”. O vice-governador Otto Alencar garantiu que na Semana Santa ele estaria aqui navegando. Nem saiu da Grécia ainda.

Preocupada com a situação operacional do Sistema Ferryboat e o com o serviço deficiente que é prestado à população, a empresária Lenise Ferreira, presidente da Associação Comercial de Vera Cruz, enviou e-mail ao presidente da Internacional Marítima, Luis Castanhede, pedindo providências. Leia na íntegra:

“Sr. Luiz Castanhede: o período de páscoa esta chegando e logo logo chegará o período de festas juninas. Até o presente momento não temos notícias de soluções para nós que trabalhamos e utilizamos o sistema ferry boat diariamente. O Sr poderá me responder que a chegada das novas embarcações via contribuir para acabar com as filas num pequeno espaço de tempo. Contudo, como o Sr já sabe, as filas em períodos de festas são sempre muito grandes e por mais que o Sr se esforce, não vai conseguir acabar com elas, é preciso antes de embarcar, passar pelos guichês de venda de passagens. Através do cartão SIBE que tínhamos antes, era possível comprar passagens para todo o mes e isto sim ajuda a diminuir as filas que também lhe causam tormentos. Era possível chegar e embarcar logo sem ter que engrossar as filas. A própria empresa Internacional Marítima ganha não só com a redução das filas e das reclamações, mas também ganha com o recebimento dos créditos antecipados. Peço mais uma vez que o Sr agilize a solução deste problema que resolverá problemas não só meus mas de médicos, enfermeiros, bancários, comerciários, policiais, advogados, juízes e muitos outros profissionais que dependem deste meio de transporte, além de pacientes que necessitam fazer a travessia várias vezes por semana como é o caso dos renais crônicos. Mais uma vez apelo para a sua compreensão e colaboração”.

Notícias Relacionadas

36 Comentários

  1. Vital

    Imaginar que uma embarcação tem a capacidade para transportar 100 ou 200 veículos é a solução do sistema Ferry Boat, de fato, é buscar enganar-se ou fazer o marketing barato e ilusório.

    A solução do sistema passa por um conjunto de ações que o governo da Bahia não tem se debruçado a encarar.

    Como exemplo de uma das ações fundamentais podemos citar com fatos e dados a manutenção (preditiva, preventiva e corretiva).

    Vejamos que as atuais embarcações cujo equipamentos são produzidos no Brasil, a empresa responsável pela manutenção, LUMAR, deixou tudo pior do que encontrou e hoje essas embarcações se arrastam pelos mares da baía de todos os santos numa demonstração clara da incompetência, do descaso com o dinheiro público e de indícios nítidos de enriquecimento ilícito até o momento não investigado pelo Ministério Público.

    Agora vem duas embarcações com equipamentos de maior complexidade funcional e produzidos em outros países para a aventureira LUMAR assegurar a manutenção. Notadamente os resultados serão ainda piores do que os já constatados com a embarcações produzidas no Brasil.

    Mas o governo da Bahia, seja por teimosia, seja por interesses mesquinhos ou seja por descaso com os usuários do sistema, insiste em manter essas empresas que sem sombra de dúvidas vieram para agir da mesma forma que suas antecessoras e depois ainda receberem fortunas do Erário Público, fruto do sacrifício do povo baiano, tal qual ocorreu recentemente com a TWB.

    Realmente não consigo entender nosso povo que nada faz, não consigo entender as Instituições fiscalizados do cumprimento das Leis por sua inércia.

    Quem sabe o povo dará a resposta a Rui Costa em outubro para demonstrar a Wagner e seu PT o desastre que foi esse partido nas vidas dos brasileiros?

    Mas, se o povo gosta de sofrer, continuem a votar no PT e não reclamem mais de nada.

  2. Vital

    Imaginar que uma embarcação tem a capacidade para transportar 100 ou 200 veículos é a solução do sistema Ferry Boat, de fato, é buscar enganar-se ou fazer o marketing barato e ilusório.

    A solução do sistema passa por um conjunto de ações que o governo da Bahia não tem se debruçado a encarar.

    Como exemplo de uma das ações fundamentais podemos citar com fatos e dados a manutenção (preditiva, preventiva e corretiva).

    Vejamos que as atuais embarcações cujo equipamentos são produzidos no Brasil, a empresa responsável pela manutenção, LUMAR, deixou tudo pior do que encontrou e hoje essas embarcações se arrastam pelos mares da baía de todos os santos numa demonstração clara da incompetência, do descaso com o dinheiro público e de indícios nítidos de enriquecimento ilícito até o momento não investigado pelo Ministério Público.

    Agora vem duas embarcações com equipamentos de maior complexidade funcional e produzidos em outros países para a aventureira LUMAR assegurar a manutenção. Notadamente os resultados serão ainda piores do que os já constatados com a embarcações produzidas no Brasil.

    Mas o governo da Bahia, seja por teimosia, seja por interesses mesquinhos ou seja por descaso com os usuários do sistema, insiste em manter essas empresas que sem sombra de dúvidas vieram para agir da mesma forma que suas antecessoras e depois ainda receberem fortunas do Erário Público, fruto do sacrifício do povo baiano, tal qual ocorreu recentemente com a TWB.

    Realmente não consigo entender nosso povo que nada faz, não consigo entender as Instituições fiscalizados do cumprimento das Leis por sua inércia.

    Quem sabe o povo dará a resposta a Rui Costa em outubro para demonstrar a Wagner e seu PT o desastre que foi esse partido nas vidas dos brasileiros?

    Mas, se o povo gosta de sofrer, continuem a votar no PT e não reclamem mais de nada.

  3. Valeria

    Já tenho medo quando leio as manifestações do Comandante Vital.

    Lembro bem quando os Ferries foram para a Base Naval de Aratú para fazer manutenção pela LUMAR, ele previu que os ferries iriam sair pior do que entraram e não deu outra.

    Agora ele fala que os ferries usados e comprados a peso de ouro, cujo equipamentos são produzidos no exterior e a LUMAR dar manutenção, pela lógica apresentada pelo Comandante Vital, não resta a menor dúvida que teremos mais dois elefantes branco, tal qual ocorreu com o Ferry Baía de Todos os Santos que foi trazido pela COMAB e ficou o tempo todo ancorado sem resolver os problemas dos usuários.

    Estamos vendo que a história se repete!

  4. Valeria

    Já tenho medo quando leio as manifestações do Comandante Vital.

    Lembro bem quando os Ferries foram para a Base Naval de Aratú para fazer manutenção pela LUMAR, ele previu que os ferries iriam sair pior do que entraram e não deu outra.

    Agora ele fala que os ferries usados e comprados a peso de ouro, cujo equipamentos são produzidos no exterior e a LUMAR dar manutenção, pela lógica apresentada pelo Comandante Vital, não resta a menor dúvida que teremos mais dois elefantes branco, tal qual ocorreu com o Ferry Baía de Todos os Santos que foi trazido pela COMAB e ficou o tempo todo ancorado sem resolver os problemas dos usuários.

    Estamos vendo que a história se repete!

  5. David Sena

    Atenção senhores: por favor, eu quero, exijo agora que os senhores do Jornal da Mídia peças desculpas para a TWB. Esta empresa que o governo trouxe pela Agerba pra tomar conta do sistema é uma lorota, uma coisa mais esculhambada que já se viu.

    Peças desculpa pois vão demonstrar que são jutos. Peçam desculpa a TWB, inlcusive a Senhora Lenise, que vejo agora fazendo um apelo para o proprietário da Internacional Marítima o sócio da família Sarney.

    Estão arrependidos? Pois é: tudo armadinho, a retirada da TWB foi comandada por um bando de espertinhos. Carne pouca meu pirão primeiro.

    A propósito, os senhores sabem quanto o ferry que os senhores chamam de Zumbi custou a mais? Não sabem? Procurem saber. E quando é que ZUMBI vai ficar doidão na Baía?

    Não esqueçam de pedir desculpas a TWB.

  6. David Sena

    Atenção senhores: por favor, eu quero, exijo agora que os senhores do Jornal da Mídia peças desculpas para a TWB. Esta empresa que o governo trouxe pela Agerba pra tomar conta do sistema é uma lorota, uma coisa mais esculhambada que já se viu.

    Peças desculpa pois vão demonstrar que são jutos. Peçam desculpa a TWB, inlcusive a Senhora Lenise, que vejo agora fazendo um apelo para o proprietário da Internacional Marítima o sócio da família Sarney.

    Estão arrependidos? Pois é: tudo armadinho, a retirada da TWB foi comandada por um bando de espertinhos. Carne pouca meu pirão primeiro.

    A propósito, os senhores sabem quanto o ferry que os senhores chamam de Zumbi custou a mais? Não sabem? Procurem saber. E quando é que ZUMBI vai ficar doidão na Baía?

    Não esqueçam de pedir desculpas a TWB.

  7. César Reis

    vocês sabem qual vai ser o comentário do DR. FEDEGOSO sobre isso aí? Anotem: a doação do sistema do ferry para a INTERNACIONAL foi um erro muito bem calculado pelas forças do governo Wagner. Eles sabiam que tinham que satisfazer SARNEY agora por causa das votações no Comgresso. QUEM METEU A INTERNACIONAL FOI SARNEY. Não sejam otários foi uma imposição de Sarney porque o donho é sócio dos sarneys no Maranhão. Não sejam otários não, tão tirando de absetalhados?

    Antes que mes esqueça, tem uma pontinha pra mim não?

  8. César Reis

    vocês sabem qual vai ser o comentário do DR. FEDEGOSO sobre isso aí? Anotem: a doação do sistema do ferry para a INTERNACIONAL foi um erro muito bem calculado pelas forças do governo Wagner. Eles sabiam que tinham que satisfazer SARNEY agora por causa das votações no Comgresso. QUEM METEU A INTERNACIONAL FOI SARNEY. Não sejam otários foi uma imposição de Sarney porque o donho é sócio dos sarneys no Maranhão. Não sejam otários não, tão tirando de absetalhados?

    Antes que mes esqueça, tem uma pontinha pra mim não?

  9. Heber Coelho

    Por que a CCR Barcas não veio pra Bahia?

    No dia 2 de julho de 2012, o Grupo CCR assumiu o controle acionário da concessionária Barcas S/A, adquirindo 80% das ações da empresa. Com a chegada da CCR, um dos maiores grupos privados de concessões de infraestrutura da América Latina, a concessionária passa a se chamar CCR Barcas, marcando o início de uma nova fase para esse transporte de massa que tem 177 anos de existência.

    A CCR Barcas é a única concessionária de serviços públicos dedicada à operação de transporte de massa no modal aquaviário, com direito de atuação no Estado do Rio de Janeiro.

    EMBARCAÇÕES

    A frota de 24 embarcações é composta de 15 catamarãs e nove barcas tradicionais.

    As embarcações transportam 29 milhões de passageiros por ano, nas seis linhas oferecidas pela empresa.

    ESTAÇÕES E ESTALEIRO

    A CCR Barcas opera com cinco estações: Praça XV, Praça Araribóia, Cocotá, Paquetá e Charitas. Na Divisão Sul, 3 pontos de atracação fazem parte da operação nas linhas que servem à Ilha Grande (Abraão), Mangaratiba e Angra dos Reis.

    Localizado em Niterói, o estaleiro da CCR Barcas realiza a manutenção de todas as embarcações da frota.

    TRANSPARÊNCIA FISCAL

    Com o objetivo de reforçar seu compromisso de transparência e respeito aos seus usuários, o Grupo CCR informa publicamente a descrição de tributos federais, estaduais e municipais que compõem o valor dos serviços prestados. Apesar de não ter sido regulamentada pelos Poderes Concedentes, a iniciativa está em linha com a legislação que prevê, a partir de Junho de 2013, a vigência em todo o território nacional da Lei nº 12.741/12, que estabelece que todo documento fiscal de produtos ou serviços repassado ao consumidor deve conter a descrição desses tributos.

    O Grupo CCR é listado no Novo Mercado da BM&FBovespa, segmento no qual é exigido o mais alto nível de governança corporativa e transparência, e atua de acordo com a legislação e com as exigências dos órgãos reguladores. Informações mais detalhadas sobre os tributos pagos pelas empresas do Grupo CCR podem ser encontradas nas Demonstrações Financeiras publicadas anualmente e nos demais documentos divulgados ao Mercado.

    Com essa iniciativa, o Grupo CCR reafirma o compromisso e respeito com seus usuários.

    (I)Tributos sobre o preço dos serviços
    PIS: 0,65%
    COFINS: 3%

    (II)Tributos sobre a folha de salários
    INSS: 20%
    SAT/FAP: de 0,5% a 6%
    Contribuições a Terceiros (SENAI, SENAC, Salário-Educação, Incra e outros): de 5,8% a 6,0%
    FGTS: 8%

    (III)Tributos sobre a renda/lucro da Concessionária
    IRPJ: 25%
    CSLL: 9%

    O Grupo CCR é listado no Novo Mercado da BM&FBovespa, segmento no qual é exigido o mais alto nível de governança corporativa e transparência, e atua de acordo com a legislação e com as exigências dos órgãos reguladores. Informações mais detalhadas sobre os tributos pagos pelas empresas do Grupo CCR podem ser encontradas nas Demonstrações Financeiras publicadas anualmente e nos demais documentos divulgados ao Mercado.
    Com essa iniciativa, o Grupo CCR reafirma o compromisso e respeito com seus usuários.

    Ainda tem certificado ISO-9001! O carioca tá bem servido.

  10. Heber Coelho

    Por que a CCR Barcas não veio pra Bahia?

    No dia 2 de julho de 2012, o Grupo CCR assumiu o controle acionário da concessionária Barcas S/A, adquirindo 80% das ações da empresa. Com a chegada da CCR, um dos maiores grupos privados de concessões de infraestrutura da América Latina, a concessionária passa a se chamar CCR Barcas, marcando o início de uma nova fase para esse transporte de massa que tem 177 anos de existência.

    A CCR Barcas é a única concessionária de serviços públicos dedicada à operação de transporte de massa no modal aquaviário, com direito de atuação no Estado do Rio de Janeiro.

    EMBARCAÇÕES

    A frota de 24 embarcações é composta de 15 catamarãs e nove barcas tradicionais.

    As embarcações transportam 29 milhões de passageiros por ano, nas seis linhas oferecidas pela empresa.

    ESTAÇÕES E ESTALEIRO

    A CCR Barcas opera com cinco estações: Praça XV, Praça Araribóia, Cocotá, Paquetá e Charitas. Na Divisão Sul, 3 pontos de atracação fazem parte da operação nas linhas que servem à Ilha Grande (Abraão), Mangaratiba e Angra dos Reis.

    Localizado em Niterói, o estaleiro da CCR Barcas realiza a manutenção de todas as embarcações da frota.

    TRANSPARÊNCIA FISCAL

    Com o objetivo de reforçar seu compromisso de transparência e respeito aos seus usuários, o Grupo CCR informa publicamente a descrição de tributos federais, estaduais e municipais que compõem o valor dos serviços prestados. Apesar de não ter sido regulamentada pelos Poderes Concedentes, a iniciativa está em linha com a legislação que prevê, a partir de Junho de 2013, a vigência em todo o território nacional da Lei nº 12.741/12, que estabelece que todo documento fiscal de produtos ou serviços repassado ao consumidor deve conter a descrição desses tributos.

    O Grupo CCR é listado no Novo Mercado da BM&FBovespa, segmento no qual é exigido o mais alto nível de governança corporativa e transparência, e atua de acordo com a legislação e com as exigências dos órgãos reguladores. Informações mais detalhadas sobre os tributos pagos pelas empresas do Grupo CCR podem ser encontradas nas Demonstrações Financeiras publicadas anualmente e nos demais documentos divulgados ao Mercado.

    Com essa iniciativa, o Grupo CCR reafirma o compromisso e respeito com seus usuários.

    (I)Tributos sobre o preço dos serviços
    PIS: 0,65%
    COFINS: 3%

    (II)Tributos sobre a folha de salários
    INSS: 20%
    SAT/FAP: de 0,5% a 6%
    Contribuições a Terceiros (SENAI, SENAC, Salário-Educação, Incra e outros): de 5,8% a 6,0%
    FGTS: 8%

    (III)Tributos sobre a renda/lucro da Concessionária
    IRPJ: 25%
    CSLL: 9%

    O Grupo CCR é listado no Novo Mercado da BM&FBovespa, segmento no qual é exigido o mais alto nível de governança corporativa e transparência, e atua de acordo com a legislação e com as exigências dos órgãos reguladores. Informações mais detalhadas sobre os tributos pagos pelas empresas do Grupo CCR podem ser encontradas nas Demonstrações Financeiras publicadas anualmente e nos demais documentos divulgados ao Mercado.
    Com essa iniciativa, o Grupo CCR reafirma o compromisso e respeito com seus usuários.

    Ainda tem certificado ISO-9001! O carioca tá bem servido.

  11. Fedegoso

    Vocês me chamaram. Pois bem, cá estou. Eu e a minha sabedoria pai d´égua, a única vai ajudá-los. E por isso, digo-lhes: a culpa é do DEM, é do Paulo Souto. Foi ele quem contratou a TWB? Então. A culpa é do Paulo Souto.

    E agora? Vamos pensar mais.

    De quem é a tal da Marítima? Dos amigos do Sarney? Verdade. Verdade. E quem é o presidente do PMDB? Quem disse Sarney? Acertou. E quem manda no PMDB aqui na nossa Bahia? Muito bem…muito bem…e o Geddel.

    Resumindo. A culpa é do DEM e do PMDB, dos dois. E quem manda nos dois? ACM Neto. Pronto. Sendo assim, a culpa só pode ser do do Geddel e do Paulo Souto. Do DEM e do PMDB.

    Meus caros, votem no Fedegoso. A reserva moral vital à sobrevivência da ética e da moral. Fedegoso! Fedegoso! Às favas com as rimas a bem da verdade.

  12. Fedegoso

    Vocês me chamaram. Pois bem, cá estou. Eu e a minha sabedoria pai d´égua, a única vai ajudá-los. E por isso, digo-lhes: a culpa é do DEM, é do Paulo Souto. Foi ele quem contratou a TWB? Então. A culpa é do Paulo Souto.

    E agora? Vamos pensar mais.

    De quem é a tal da Marítima? Dos amigos do Sarney? Verdade. Verdade. E quem é o presidente do PMDB? Quem disse Sarney? Acertou. E quem manda no PMDB aqui na nossa Bahia? Muito bem…muito bem…e o Geddel.

    Resumindo. A culpa é do DEM e do PMDB, dos dois. E quem manda nos dois? ACM Neto. Pronto. Sendo assim, a culpa só pode ser do do Geddel e do Paulo Souto. Do DEM e do PMDB.

    Meus caros, votem no Fedegoso. A reserva moral vital à sobrevivência da ética e da moral. Fedegoso! Fedegoso! Às favas com as rimas a bem da verdade.

  13. Mendes

    Na certa esse grupo aí o CCR BARCAS não fez uma prposta muito atrativa para os caras que trouxeram a empresa do Maranhão pra BAHIA.

  14. Mendes

    Na certa esse grupo aí o CCR BARCAS não fez uma prposta muito atrativa para os caras que trouxeram a empresa do Maranhão pra BAHIA.

  15. Heber Coelho

    CCR Barcas entregou aos passageiros da linha de Charitas os novos banheiros da Estação Praça XV, na área de embarque para Charitas. Amplos e adaptados para pessoas com deficiência, os novos banheiros masculino e feminino fazem parte do compromisso da concessionária em proporcionar mais conforto aos usuários da CCR Barcas.

    Na bahia não tem deficiente, não necessita de sanintários adaptados nos transportes públicos.

  16. Heber Coelho

    CCR Barcas entregou aos passageiros da linha de Charitas os novos banheiros da Estação Praça XV, na área de embarque para Charitas. Amplos e adaptados para pessoas com deficiência, os novos banheiros masculino e feminino fazem parte do compromisso da concessionária em proporcionar mais conforto aos usuários da CCR Barcas.

    Na bahia não tem deficiente, não necessita de sanintários adaptados nos transportes públicos.

  17. Lenise Ferreira

    Sr David, não tenho porque pedir desculpas a TWB, ao contrário, quero ainda que o Reinaldo devolva os milhões tirados daqui e pague pelos crimes cometidos junto com toda a corja da AGERBa e da SEINFRA que sempre abonaram os desmandos dele. Quanto a Internacional ser pior não nego, conseguiu. Quero o melhor, não me contento com esmolas, mediocridades.

    Mas, diante da omissão, permissividade do atual governo, qualquer um tem livre acesso para se dar bem nesta terra e ir embora, basta que deixe aqui um cala bocas. E isto justificou Sr. Heber o resultado da licitação que escolheu a atual concessionária e a compra das embarcações na Grécia a um custo acima do outro concorrente em moeda nacional, algo em torno de 15 milhões de reais.

    O sistema é viável, rentável e se não tem hoje maior fluxo é porque a incompetência dos governos que por aqui passaram nestes últimos anos permitiram a morte lenta da galinha dos ovos de ouro. Galinha esta que ainda gera bons frutos. O que falta é manutenção corretiva, preventiva, correta, eficiente e uma administração séria sem propósitos políticos que busque apenas o ganho de uma minoria de mercenários irresponsáveis e inconsequentes que não se preocupam nem mesmo com as vidas humanas que estão correndo riscos diariamente.

    UMA CORREÇÃO: A Bahia também tem seus deficientes físicos como em todo lugar do mundo, tem idosos, gestantes, e todos estes merecem conforto, segurança e condições dignas de acessibilidade. Além de respeito prezado senhor.

  18. Lenise Ferreira

    Sr David, não tenho porque pedir desculpas a TWB, ao contrário, quero ainda que o Reinaldo devolva os milhões tirados daqui e pague pelos crimes cometidos junto com toda a corja da AGERBa e da SEINFRA que sempre abonaram os desmandos dele. Quanto a Internacional ser pior não nego, conseguiu. Quero o melhor, não me contento com esmolas, mediocridades.

    Mas, diante da omissão, permissividade do atual governo, qualquer um tem livre acesso para se dar bem nesta terra e ir embora, basta que deixe aqui um cala bocas. E isto justificou Sr. Heber o resultado da licitação que escolheu a atual concessionária e a compra das embarcações na Grécia a um custo acima do outro concorrente em moeda nacional, algo em torno de 15 milhões de reais.

    O sistema é viável, rentável e se não tem hoje maior fluxo é porque a incompetência dos governos que por aqui passaram nestes últimos anos permitiram a morte lenta da galinha dos ovos de ouro. Galinha esta que ainda gera bons frutos. O que falta é manutenção corretiva, preventiva, correta, eficiente e uma administração séria sem propósitos políticos que busque apenas o ganho de uma minoria de mercenários irresponsáveis e inconsequentes que não se preocupam nem mesmo com as vidas humanas que estão correndo riscos diariamente.

    UMA CORREÇÃO: A Bahia também tem seus deficientes físicos como em todo lugar do mundo, tem idosos, gestantes, e todos estes merecem conforto, segurança e condições dignas de acessibilidade. Além de respeito prezado senhor.

  19. Fernanda

    Pelo visto, já temos um lobista da CCbarcas na área. Essa empresa tem sócios cariocas. Chega dessa gente em nossa terra.

    Tenho certeza que temos empresa bahiana com competência suficiente para administrar o sisitema. O problema é que nenhuma empresa séria vai querer assumir isso, pois a goela larga dos mensaleiros petistas vem logo pra cima querer a ponta.

  20. Fernanda

    Pelo visto, já temos um lobista da CCbarcas na área. Essa empresa tem sócios cariocas. Chega dessa gente em nossa terra.

    Tenho certeza que temos empresa bahiana com competência suficiente para administrar o sisitema. O problema é que nenhuma empresa séria vai querer assumir isso, pois a goela larga dos mensaleiros petistas vem logo pra cima querer a ponta.

  21. C.Dias

    O desespero tomou conta dos despeitados e dos derrotados. Os navios novos chegando aí para a tristeza de todos. E os profissionais da Internacional e da Lumar dando todo suporte logístico e com equipes de manutenção treinada dia e noite para atender as exigência, pessoal altamente capacitado com experiência nesse tipo de embarcação moderna e vocês que fiquem chupando dedo. Parabéns Dona Lenise pela carta que a Senhora mandou para Dr. Luiz no Maranhão. Ele haverá de reconhecer a sua iniciativa fora de hora porque tudo isto aí já está feito , o que a senhora pediu e colocado em um programa completo entregue ao governo. Nenhuma novidade e agora é trabalhar para engradecer o nome da Bahia e não para jogar a Bahia no lixo como a senhora querem. Comandante Vita, dona Valéria, Sr. Fedegoso, continuem sendo pessimistas e torcendo conta seu vento não nos abala que enquanto isso nós trabalhamos. Nossa capacidade está sendo requisitada até por empresas do Chile e da Argentina para decepção geral dos negativistas de plantão. Hoje isso aqui é uma empresa de ponta reconhecida nacionalmente na área de manutenção naval e de transpiorte. Podem continuar criticando aves de rapina. Os cães vão latir sempre mas a caravana passa, como diz o poeta Chico Buarque.

  22. C.Dias

    O desespero tomou conta dos despeitados e dos derrotados. Os navios novos chegando aí para a tristeza de todos. E os profissionais da Internacional e da Lumar dando todo suporte logístico e com equipes de manutenção treinada dia e noite para atender as exigência, pessoal altamente capacitado com experiência nesse tipo de embarcação moderna e vocês que fiquem chupando dedo. Parabéns Dona Lenise pela carta que a Senhora mandou para Dr. Luiz no Maranhão. Ele haverá de reconhecer a sua iniciativa fora de hora porque tudo isto aí já está feito , o que a senhora pediu e colocado em um programa completo entregue ao governo. Nenhuma novidade e agora é trabalhar para engradecer o nome da Bahia e não para jogar a Bahia no lixo como a senhora querem. Comandante Vita, dona Valéria, Sr. Fedegoso, continuem sendo pessimistas e torcendo conta seu vento não nos abala que enquanto isso nós trabalhamos. Nossa capacidade está sendo requisitada até por empresas do Chile e da Argentina para decepção geral dos negativistas de plantão. Hoje isso aqui é uma empresa de ponta reconhecida nacionalmente na área de manutenção naval e de transpiorte. Podem continuar criticando aves de rapina. Os cães vão latir sempre mas a caravana passa, como diz o poeta Chico Buarque.

  23. GENTIL

    ESSE DIAS É UM LAMBEDOR DE QUE DEVIA TOMAR VERGONHA NA CARA ESCROTO SUA EMPRESA TRATA OS EMPREGADOS COMO ESCRAVO SEU DESGRAÇADO. VOCÊS TÃO RECEBENDO DINHEIRO POR FORA PRA ESSA IDIOTICE SEU BOSTÉTICO. TU VAI TOMAR UMA SURRA AINDA.

  24. GENTIL

    ESSE DIAS É UM LAMBEDOR DE QUE DEVIA TOMAR VERGONHA NA CARA ESCROTO SUA EMPRESA TRATA OS EMPREGADOS COMO ESCRAVO SEU DESGRAÇADO. VOCÊS TÃO RECEBENDO DINHEIRO POR FORA PRA ESSA IDIOTICE SEU BOSTÉTICO. TU VAI TOMAR UMA SURRA AINDA.

  25. Soteropolitano

    Esse Gentil não é tão GENTIL… como no nome. Respeito é bom e os demais gostam, Sr. IRASCÍVEL…

  26. Soteropolitano

    Esse Gentil não é tão GENTIL… como no nome. Respeito é bom e os demais gostam, Sr. IRASCÍVEL…

  27. Valeria

    Não tenho a menor dúvida que ACM, Paulo Souto, Imbassahy e Geddel irão cancelar esse contrato escroto que foi assinado com essa empresa para mim aventureira LUMAR/Internacional.

    Além disso, eles irão colocar essa turma na cadeia assim como estão todos os mensaleiros.

  28. Valeria

    Não tenho a menor dúvida que ACM, Paulo Souto, Imbassahy e Geddel irão cancelar esse contrato escroto que foi assinado com essa empresa para mim aventureira LUMAR/Internacional.

    Além disso, eles irão colocar essa turma na cadeia assim como estão todos os mensaleiros.

  29. Fedegoso

    Realmente. A senhora Valéria está certíssima.

    Se foi no governo do Paulo Preso que se despencou a contratação da TWOB, temos que reclamar dele. E vamos dele nos vingar nas próximas eleições. Não vamos votar nele.

    Imbassatudo é outro. Dizem que ele tomava bicudas dos velho Tonim Marvado. Sem vergonha mesmo, tem que tomar bicuda mesmo.

    Qto ao Dedel, nem falo. Dizem amigo daqueles do orçamento. Lembram deles? Pois é. É só dar uma chance que ele faz´faz mágica, some, leva a carteira, some com ela.

    Dona Fernanda ou dona Valéria, é vital que é tudo farinha do mesmo saco. Escrotos!!! Escrotos!!! Gostei do termo. Por falar em eleição, não votem solto, nem embacem os olhos, por isso…votem no Fedegoso.

  30. Fedegoso

    Realmente. A senhora Valéria está certíssima.

    Se foi no governo do Paulo Preso que se despencou a contratação da TWOB, temos que reclamar dele. E vamos dele nos vingar nas próximas eleições. Não vamos votar nele.

    Imbassatudo é outro. Dizem que ele tomava bicudas dos velho Tonim Marvado. Sem vergonha mesmo, tem que tomar bicuda mesmo.

    Qto ao Dedel, nem falo. Dizem amigo daqueles do orçamento. Lembram deles? Pois é. É só dar uma chance que ele faz´faz mágica, some, leva a carteira, some com ela.

    Dona Fernanda ou dona Valéria, é vital que é tudo farinha do mesmo saco. Escrotos!!! Escrotos!!! Gostei do termo. Por falar em eleição, não votem solto, nem embacem os olhos, por isso…votem no Fedegoso.

  31. Fedegoso

    Dizem que o Tribunal Eleitoral mandou cassar uma deputada por infedelidade partidária, apesar dela ser separada por infedelidade conjugal, causa idêntica, não ela, causa do maridão dela. Sei lá. O assunto é outro.

    É o seguinte. Com a cassação dela quem assume é um diretor de uma agência reguladora. Ele é o suplente (não fez voto suficiente). E pra não ficar sem nada, ganhou do ceú a diretoria da tal agência.

    KKKKKKKKK!!! Ele tá é frito. É que a decisão cabe recurso, o mandato dela vai até dezembro deste ano, ou seja: ele não assume nem por reza de padre velho. E vamos ter que aguentá-lo sim e conforme está: sumido das atitudes mas presente na folha de pagamento. KKKKKKKKK

    “Êita vida besta meu Deus!”

  32. Fedegoso

    Dizem que o Tribunal Eleitoral mandou cassar uma deputada por infedelidade partidária, apesar dela ser separada por infedelidade conjugal, causa idêntica, não ela, causa do maridão dela. Sei lá. O assunto é outro.

    É o seguinte. Com a cassação dela quem assume é um diretor de uma agência reguladora. Ele é o suplente (não fez voto suficiente). E pra não ficar sem nada, ganhou do ceú a diretoria da tal agência.

    KKKKKKKKK!!! Ele tá é frito. É que a decisão cabe recurso, o mandato dela vai até dezembro deste ano, ou seja: ele não assume nem por reza de padre velho. E vamos ter que aguentá-lo sim e conforme está: sumido das atitudes mas presente na folha de pagamento. KKKKKKKKK

    “Êita vida besta meu Deus!”

  33. grisalho

    o feriadão esta chegando….. cade as embarcações.. não preciso ser vidente para saber o furdúncio que será a travessia para a ilha… tudo sera repetido..enormes filas de pedestres (sem qualquer ajuda ou respeito na fila), filas gigantescas de veículos e a agerba e essa empresa ?????????? vão noticiar que somente tem 2 (duas) horas de fila….me engana que adorooooooooo..
    Saudações petistas a todos que forem utilizar o sistema ferry boat.

Comentários estão suspensos