Empresa de lobista ligado a PMDB e PT fechou contrato com a Petrobras

Uma empresa do lobista Jorge Luz – ligado ao PT e ao PMDB, homem que ajudou a nomear Paulo Roberto Costa para a Diretoria de Abastecimento da Petrobras no começo do governo Lula – fechou contrato de R$ 5,2 milhões com a estatal.

O contrato foi assinado em 2008, precisamente pela Diretoria de Paulo Roberto, que está preso pela PF, acusado de participar do esquema de corrupção e lavagem de dinheiro desmontado na operação Lava-Jato. Luz, segundo documentos apreendidos pela PF e revelados com exclusividade por ÉPOCA nesta semana, é um dos operadores políticos e financeiros de Paulo Roberto.

Integrantes do esquema ouvidos pela reportagem, sob condição de permanecer no anonimato, confirmam a participação de Luz no esquema.(Marcelo Rocha, Murilo Ramos e Diego Escosteguy, Época)

Notícias Relacionadas