Bahia vence com facilidade o Vitória e fica na vantagem

Salvador – Tido como ”inferior” ao rival na atual temporada, o Bahia deu um verdadeiro banho de disciplina tática e de vontade e por isso venceu com facilidade o Vitória por 2 a 0 neste domingo (6), na primeira patida da finalíssima do Campeonato Baiano 2014. Com este resultado, o tricolor baiano reverteu a vantagem e agora pode até empatar ou até mesmo perder com diferença de um gol para levantar a taça de campeão baiano de 2014. Ao Vitória só resta vencer com a diferença de dois gols, no jogo de domingo, dia 13, em Pituaçu. Anderson Talisca e Fahel fizeram os gols do Bahia, um em cada tempo de jogo.

Foi o sexto Ba-Vi sem derrota do Esquadrão, com três triunfos e três empates. Além disso, o Bahia está invicto há 11 jogos.

O primeiro gol da partida saiu aos 37m. O argentino Maxi pressionou a saída de bola adversária. Defendi falhou e tabelou com Anderson Talisca. O meia invadiu a área e bateu cruzado, abrindo o placar na Fonte, para o delírio da Nação Tricolor. Aos 34m do segundo tempo, a Fonte Nova explodiu novamente. Anderson Talisca cobrou escanteio e Fahel subiu sozinho para cabecear para o gol. Após definir o placar, a equipe administrou o resultado e reverteu a vantagem para o segundo o jogo.

Bahia 2x 0 Vitória
Campeonato Baiano – 1º jogo da final
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 06/04/2014
Horário: 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (FIFA-GO) e Bruno Boschilla (FIFA-PR)
Gols: Anderson Talisca e Fahel (Bahia).
Cartões amarelos: Uelliton, Anderson Talisca e Diego Macedo (Bahia) ; Juan, Souza e José Welison (Vitória).
Cartões vermelhos: Uelliton (Bahia); Hugo (Vitória).

Bahia: Marcelo Lomba; Diego Macedo, Demerson, Titi e Guilherme Santos (Pará); Fahel, Uelliton, Talisca e Lincoln (Pittoni); Maxi Biancucchi e Rhayner (Rafael Miranda). Técnico: Marquinhos Santos.

Vitória: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Mansur (Marquinhos); José Welison, Cáceres, Juan e Hugo; Souza (Euller) e William Henrique (Alan Pinheiro). Técnico: Ney Franco.

Notícias Relacionadas