Protesto em repúdio ao golpe militar tem confusão no Rio

Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil

O protesto em repúdio ao golpe militar, que completou 50 anos, teve confusão. Um grupo de manifestantes arremessou uma garrafa com tinta vermelha na porta da sede do Clube Militar, que fica na Cinelândia, centro do Rio, por volta das 19h. Policiais que faziam a segurança do local reagiram e jogaram duas bombas, uma de efeito moral e outra de gás lacrimôgeneo.

O grupo se dispersou, mas voltou a se reunir em frente à Câmara Municipal, onde uma outra parte dos manifestantes estava no local. Após mais uma bomba de efeito moral ter sido jogada pela polícia, os manifestantes se dividiram em vários grupos ao redor da Cinelândia.

O efetivo policial foi reforçado na região. Os policiais estão revistando alguns manifestantes.

Notícias Relacionadas