Blitzes do IPVA são retomadas na cidade de Vitória da Conquista

As blitzes para abordagem aos contribuintes em débito com o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) foram retomadas na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. Nas quarta e quinta-feira (19 e 20), as equipes abordaram 700 veículos. Dos 19 retidos, 16 foram liberados após o pagamento dos débitos e três removidos para o pátio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Além de Vitória da Conquista, neste mês, as blitzes foram reiniciadas em Ilhéus, Itabuna e Eunápolis. Duas operações já aconteceram em Ilhéus, com a abordagem de 224 veículos e apreensão de 11 pela falta de pagamento do tributo. Até o final de março as ações continuam nessas cidades e municípios vizinhos.

As blitzes são realizadas conjuntamente pela Secretaria da Fazenda (Sefaz-BA), Detran-BA, Polícia Militar e prefeituras. Em 2013, ocorreram blitzes em Salvador, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Ilhéus, Itabuna, Santo Antônio de Jesus, Alagoinhas, Irecê e Juazeiro. Na Bahia, 155 mil contribuintes foram notificados, em 2013, por terem débito acima de R$ 500 de licenciamento com o IPVA. Do total, 91 mil estão no interior.

O diretor de Arrecadação da Sefaz, Antônio Félix Mascarenhas, explica que as operações acontecem de forma permanente em 2014, na capital e no interior, devido à grande procura por parte dos contribuintes devedores para regularizarem os débitos. “Grande parte dos contribuintes está preferindo pagar o IPVA a correr o risco de ter o veículo apreendido numa abordagem”.

Durante as operações, se o contribuinte tiver o veículo retido recebe o Documento de Arrecadação Estadual (DAE), com o valor do débito, podendo se dirigir ao banco ou ao caixa eletrônico mais próximo para quitar, evitando apreensão e reboque. Após o pagamento do IPVA, deve ser regularizado também o licenciamento. Em caso de dúvida, o contribuinte pode entrar em contato por meio do call center da Sefaz (0800 071 0071).

Notícias Relacionadas