Capa » Blogs » Alô Bahia » Preso na Bahia suspeito de acender rojão que matou cinegrafista da Band

Preso na Bahia suspeito de acender rojão que matou cinegrafista da Band

Caio estava hospedado em uma pousada em Feira de Santa. (Foto: imagem capturada/TV)

Caio estava hospedado em uma pousada em Feira de Santa. (Foto: imagem capturada/TV)

Caio Silva de Souza, acusado de acender o rojão que matou o cinegrafista Santiago Andrade, foi preso em Feira de Santana, na Bahia. Ele estava em uma pousada e não reagiu.

O rapaz, de 22 anos, foi preso pelo delegado Mauricio Luciano, responsável pelas investigações. “Num primeiro momento, ele diz que não tem qualquer relação com o fato, mas ele estava em um estado de confusão mental”, disse o delegado. “Quando chegarmos ao Rio ele poderá esclarecer ou mesmo permanecer calado, a gente só vai interrogá-lo quando ele chegar ao Rio”.

Segundo ele, Caio seguiria para Ipu no Ceará, onde moram os avós paternos. Ele parou em Feira de Santana, onde se hospedou na pousada Gonçalves, próximo à rodoviária. O delegado diz que a namorada do militante estava com ele na hora da prisão.

Mauricio Luciano conta que Caio mostrava tensão quando foi pego pela polícia. “Ele falou que ficou dois dias sem dormir. Talvez com medo de sua integridade física, temendo morrer, ele dizia palavras desconexas. Porém, no trajeto à delegacia, ele afirmou que poderia ter disparado o rojão”. Para o delegado, porém, não há dúvidas sobre este ponto. “As provas técnicas nos levam a essa conclusão [de que ele é culpado]”. A chegada do suspeito ao Rio está prevista para as 9h desta quarta-feira. Depois, ele vai para a Cidade da Polícia, onde será interrogado.(TV Band).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


− cinco = 2

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>