Tillemont é demitido da Metrópole e afirma que nota da emissora é ”leviana e mentirosa”

Comentarista Antonio Tillemont promete divulgar nota oficial ainda hoje
Comentarista Antonio Tillemont promete divulgar nota oficial ainda hoje
O radialista Antonio Tillemont foi afastado da Rádio Metrópole, onde atuava como comentarista esportivo na equipe “Os Campeões da Bola”. Em comunicado publicado em seu site, a emissora informa que ”não satisfeito com a decisão tomada pela equipe”, comandada pelo radialista Edson Marinho, ”Tillemont partiu para o ataque contra a direção do Grupo Metrópole e o apresentador José Eduardo, o Bocão”. A emissora reproduziu uma imagem do poster de Tillemont no Facebook.

Em seu Facebook, Antonio Tillemont reagiu e prometeu divulgar uma nota oficial no final da tarde de hoje, mas antecipou um comentário, no qual classifica a nota da Metrópole de “leviana e mentirosa”.

”A nota pulicada pelo Grupo Metrópole em seu site é LEVIANA e MENTIROSA!!! Os covardes querem transferir a decisão do meu afastamento da equipe de esportes para Edson Marinho, que conheço há 32 anos e tem um caráter inatacável. Eles sabem que a decisão não foi dele”, sustentou.

Na última terça-feira, 28, Tillemont divulgou uma dura nota em seu Facebook defendendo o presidente do Bahia, Fernando Schimidt, que segundo ele é vítima de uma campanha de radialistas que trabalham para desestabilizar a gestão do clube. Sem citar nomes, ele reforçou: “Esses elementos são “aves de rapina”

”Nunca fiz rádio desse tipo, ao longo dos meus 37 anos de carreira, completados no último dia 09 de dezembro. Não seria agora que iria mudar de comportamento. Um homem de bem como Fernando Schmidt, que chega aos quase 80 anos, querendo dar uma parcela de contribuição para soerguimento de nosso clube, não pode ser tratado como um ser qualquer. Respeite-se, pelo menos, a sua idade, o seu passado. O torcedor tricolor deve ficar atento a essas orquestrações e repudiá-las. Quem já se lambuzou com os esquemas do passado e que, agora, não encontra mais respaldo e espaço, quer desestabilizar uma administração que tem apenas 6 meses no poder”, desabafou o radialista.

Leia também:

  • Tillemont defende Schmidt de ataques e chama colegas (dele) de “aves de rapina”
  • Notícias Relacionadas