Traficante que baleou servidora do Hospital Roberto Santos é capturado

O autor dos tiros que atingiram uma funcionária do Hospital Roberto Santos que chegava para trabalhar, na manhã desta segunda-feira (27), já está preso no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Pituba. Wellington Ferreira Mota, o “Galego”, 29 anos, foi capturado por uma guarnição da Operação Gêmeos da Polícia Militar, na Baixa do Saboeiro, momentos depois do crime.

Ele se envolveu numa troca de tiros com traficantes rivais, da localidade do Morro, em Narandiba, onde havia tentando, no sábado (25), matar Denílton Santos de Jesus, o “Xexeu”, que sobreviveu ao atentado. O criminoso tentou tomar pontos de tráfico naquela localidade, com o comparsa Hebert Cruz Daltro, o “Zoio”, 18, também preso e conduzido ao DHPP, na tarde de hoje (27).

Galego foi autuado em flagrante pelas duas tentativas de homicídio, pela delegada Jamila Cidade, da 2ª Delegacia de Homicídios (Central), enquanto Zóio vai responder pela tentativa de homicídio de Xexéu, custodiado no Hospital Roberto Santos, diante de um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas. Galego e o comparsa serão encaminhados ao Núcleo de Prisão em Flagrante, no Complexo da Mata Escura.

Legenda: “Galego”, parceiro de “Zóio”, foi o autor do tiro que atingiu a servidora do HRS, na manhã desta segunda-feira

Notícias Relacionadas