Ativista anticorrupção é condenado a 4 anos de reclusão na China

Agência ANSA

Roma – Um ativista chinês foi condenado a quatro anos de prisão acusado de “perturbação à ordem pública”. Xu Zhiyong milita principalmente contra a corrupção.

O ativista de 40 anos sustenta uma reforma do sistema judiciário e é fundador do Movimento dos Novos Cidadãos, uma rede de ativistas que está na mira das autoridades. Entre suas atividades, o grupo já promoveu alguns comícios e discussões públicas sobre temas relacionados à sociedade civil.

O caso provocou repercussão internacional. Os Estados Unidos declararam estarem “profundamente desapontados” com a condenação e pedem que o ativista e outros prisioneiros políticos sejam libertados. (Ansa Brasil)

Notícias Relacionadas