Caso Neymar faz cartola do Barça sair, afirma jornal

O jornal “Mundo Deportivo” traz uma bomba que deve abalar e muito as estruturas do Barcelona. De acordo com o veículo catalão, o presidente Sandro Rosell decidiu renunciar ao cargo de presidente do clube nesta quinta-feira. O atual vice-presidente Josep Maria Bartomeu assumiria o posto ao menos até dezembro, mas há a possibilidade de seguir até junho de 2016, quando terminaria o mandato de Rosell.

Pouco depois, o diário “Sport”, também da Catalunha, bancou a mesma informação e afirmou que o dirigente anunciou a criação de uma reunião extraordinária com o restante da direção às 18h locais (15h de Brasília) para comunicar a sua opção.

O caso envolvendo a transferência de Neymar do Santos ao Barça teria sido o estopim. Rosell, segundo o jornal “La Vanguardia”, outra publicação espanhola, optou pela saída para “preservar o clube na medida do possível, já que se presume que será uma longa batalha jurídica”.

Explica-se. Na última quarta-feira, o juiz Pablo Ruz, da Audiência Nacional espanhola, aceitou a ação interposta pelo sócio blaugrana Jordi Cases e vai investigar a denúncia de que Rosell teria “maquiado” o valor real da negociação para se apropriar de recursos do clube. Oficialmente, o Barcelona diz que gastou € 57 milhões (cerca de R$ 182 milhões) para contratar Neymar, mas o jornal “El Mundo” publicou uma reportagem afirmando que o valor poderia chegar a € 95 milhões (R$ 303 milhões). (GloboEsporte.com)

Notícias Relacionadas