Grupo canadense recebe outorga para lavra de vanádio em Maracás

Salvador – O  Ministério de Minas e Energia (MME) outorgou à Vanádio de Maracás S.A., do grupo canadense Largo Resources, concessão definitiva para a exploração de minério de vanádio, no município de Maracás, no sudoeste da Bahia. A primeira mineradora de vanádio das Américas representa investimento de R$ 555 milhões, com a estimativa de produzir inicialmente 5,1 mil toneladas/ano de pentóxido de vanádio.

Implantada em uma área de 239.700 m², a mina entra em escala de produção, em março próximo, e transformará a Bahia no maior fornecedor de vanádio do mundo – o minério é utilizado em foguetes espaciais, aviões e trilhos de trem. O projeto do grupo canadense foi considerado, em 2013, o negócio da mineração do ano da América Latina ao conquistar o prêmio ‘Project Finance Deal of the Year’, concedido pela Euromoney, em Nova Iorque.

Notícias Relacionadas