‘Não quero primeiras-damas no Eliseu’, diz presidente francês

Agência ANSA

Paris – O presidente da França, François Hollande, confessou desejar que nenhuma primeira-dama more mais no Palácio do Eliseu, residência oficial do mandatário e sede de seu gabinete.

“Não quero mais que, no futuro, existam primeiras-damas no Palácio do Eliseu”, teria dito o mandatário em uma breve conversa com jornalistas que participaram de uma coletiva de imprensa com ele.

O desabafo foi relatado nesta segunda-feira (20) pelo repórter Michael Darmon, da emissora i-Tele. Não foi informado, porém, em qual contexto Hollande teria feito a declaração.

Nesta segunda-feira, o presidente se recusou mais uma vez a falar sobre seu suposto caso extraconjugal com a atriz Julie Gayet. Recentemente, a revista “Closer” publicou fotos do casal e afirmou que eles estariam juntos há dois anos.

Logo após receber a notícia, a atual primeira-dama, Valérie Trierweiler, teve de ser hospitalizada por sofrer um choque emotivo.

“Valérie Trierweiler está melhor e está de repouso em Versalhes”, disse Hollande. “Não tenho mais comentários a fazer”, acrescentou. (Ansa Brasil)

Notícias Relacionadas