Barack Obama: ‘Maconha não é mais perigosa que o álcool’

Barack Obama
Barack Obama
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reforçou nesta segunda-feira (20) uma de suas declarações polêmicas: a admissão de que fumou maconha quando jovem. Segundo ele, os americanos podem ter certeza de que este é um “mau hábito”. Porém, defendeu penalidades mais brandas para as minorias e disse que os Estados que estão liberando o uso da droga devem seguir em frente com a ideia.

“Como já foi bem documentado, eu fumei maconha quando garoto, e eu vejo isso como um mau hábito e um vício, não muito diferente dos cigarros que eu fumei quando jovem até boa parte da minha vida adulta”, disse. “Não acho que seja mais perigoso que o álcool”, completou.

A declaração foi publicada na revista New Yorker, onde o presidente disse ainda ter aconselhado suas filhas a ficarem longe da maconha por ser “uma má ideia, uma perda de tempo, não muito saudável”. No entanto, defendeu a legalização da droga porque “é importante para a sociedade não ter uma situação na qual uma grande parcela da população numa hora ou outra viola a lei, mas só alguns poucos escolhidos são punidos”.

A maconha é proibida por lei nos Estados Unidos, mas 21 Estados norte-americanos já permitem o uso medicinal da droga. Washington e Colorado já permitem o uso da substância em qualquer caso. (Diário do Poder)

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. LUIS CLAUDIO GOMES

    ´SERÁ QUE A MÁFIA QUE FATURA BILHÕES NO BRASIL VAI PERMITIR ISSO AQUI NA REPÚBLICA DAS BANANAS DO BRASIL?
    VÃO DIZER MAIS UMA VEZ QUE O POVO(CLASSES BAIXA, MÉDIA E ALTA) NÃO ESTÁ PREPARADO.’ COMO SÃO CONTRA O FUNCIONAMENTO DA ESCOLA, DA LIVRE OPÇÃO DO ABORTO, DO VOTO LIVRE, ETC.

Comentários estão suspensos