Arena Fonte Nova teve nesta segunda-feira última inspeção para Copa

Salvador – Representantes da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL) fizeram nesta segunda-feira (20) a última inspeção oficial à Arena Fonte Nova. Os 50 técnicos avaliaram toda a estrutura e definiram estratégias de execução dos planos operacionais que serão realizados durante a Copa do Mundo.

Entre os participantes, estavam o gerente-geral de integração operacional do COL, Tiago Paes, o chefe do Departamento de Operações da Copa do Mundo, Chris Unger, e os secretários estadual e municipal da Copa, Ney Campello e Isaac Edington, respectivamente.

A avaliação está sendo feita em todos os estádios que sediaram a Copa das Confederações e já passou pelos estádios do Rio de Janeiro, Fortaleza e Recife.

Segundo o gerente-geral de integração operacional do COL, o detalhamento das operações é importante, “porque, este ano, o Brasil, durante a Copa do Mundo, vai receber o dobro de visitantes do que no ano passado, com a Copa das Confederações”.

Paes disse que a complexidade deste evento é maior. “porque vamos receber torcedores de quase 200 países, imprensa internacional. Na Copa do Mundo, a operação com a mídia cresce, e esta é uma das áreas que vamos ajustar para prestar um atendimento de qualidade. Não há grandes mudanças e nem preocupações, apenas uma evolução natural para o evento”.

Notícias Relacionadas