Poupança da Caixa: BC suspeita de ‘lavagem de dinheiro’

CLÁUDIO HUMBERTO

O Banco Central suspeita que contas-poupança canceladas na Caixa eram usadas para “lavar de dinheiro”. A hipótese livraria a direção da Caixa de responsabilidade pela apropriação indébita, mas explicaria a ausência do temor de corrida de poupadores às agências para retirada dos R$719 milhões de depósitos incorporados aos lucros da instituição. A tese também reforça a suspeita de CPFs supostamente clonados.

Na moita – O BC aposta que os poupadores prejudicados “nunca vão aparecer”, porque afinal “ninguém reclama quando produto ilegal é apreendido”.

Estranho, é – Intrigam o BC as 525.527 poupanças com dados supostamente falsos na Caixa, apesar das regras rígidas para abertura de contas.

Caso de polícia – Confirmada a suspeita de que meio milhão de poupanças eram usadas para lavar dinheiro, o assunto sai do BC e vai virar caso de polícia. (Coluna de Cláudio Humberto)

Leia também:

Notícias Relacionadas