Neymar vai processar modelo pivô de crise em namoro com Bruna Marquezine

Bruna com Neymar
Bruna com Neymar
O escritório de Neymar divulgou na tarde desta quinta-feira (16) um comunicado oficial dizendo que estão sendo tomadas medidas legais contra Laryssa de Oliveira, a pivô da suposta crise no namoro do craque com Bruna Marquezine.

“Cumpre informar que diante da distorção da verdade e declarações caluniosas e infundadas trazidas a público pela senhora Laryssa Souza de Oliveira, perante alguns meios de comunicação, com o único intuito de autopromoção e, principalmente, em respeitos aos seus fãs, amigos e seguidores, o atleta Neymar Jr. informa que já está adotando as medidas judiciais cabíveis no sentido de preservar sua honra, imagem e privacidade. Manteremos, caso possível, todos informados dos desdobramentos deste caso”, diz a nota oficial.

Em entrevista ao jornal “Extra”, Laryssa disse que não teme um processo e afirmou ter provas.

“Tenho como provar exatamente tudo o que eu disse na imprensa. Eu não sou ingênua a ponto de dizer coisas que não podem ser provadas”, afirmou. O estopim da crise foram fotos divulgadas por Laryssa e uma amiga dela, Anny Alves, durante uma viagem a barcelona, onde encontraram com o craque. Segundo a modelo, as provas incluem fotos, conversas por celular, e-mails e comprovantes de reservas em hotel e passagens aéreas que atestam que Neymar bancou a estadia delas em Barcelona. (Portal F5)

Notícias Relacionadas