Marcelo Guimarães Filho perde ação no STJ e participa de briga na Bahia Marina

Marcelo Guimarães teria levado socos durante a briga
Marcelo Guimarães teria levado socos durante a briga
Na tentativa de retornar ao Esporte Clube Bahia, o ex-presidente destituído Marcelo Guimarães Filho sofreu mais uma derrota nos tribunais. Nesta sexta-feira (17), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou a medida cautelar do ex-dirigente, que foi impetrada em caráter de urgência. A ação foi julgada pelo ministro Sidnei Beneti, da Terceira Turma do STJ.

Ao todo, MGF já acionou a justiça por nove vezes desde que foi deposto do cargo de presidente do Bahia, em julho do ano passado. Ele não conseguiu êxito em nenhuma delas, mas ainda promete insistir. “Ainda tem muita água para rolar”, disse ele, segundo o site da Rádio Metrópole.

Briga na Marina – Matéria do Globoesporte.com relata que Marcelo Guimarães Filho envolveu-se em uma confusão generalizada na noite desta quinta-feira, com direito a socos e muito empurra-empurra no estacionamento de um restaurante de Salvador. De acordo com testemunhas, Marcelinho estava em uma lancha, mas a confusão aconteceu quando ele se dirigiu até o estacionamento do estabelecimento, que fica na Bahia Marina.

De acordo com uma fonte do GloboEsporte.com que preferiu não se identificar, o ex-presidente estava acompanhado do irmão, Marcos Guimarães, de um amigo e de outras duas mulheres. A testemunha relata tudo o que viu.

– Estávamos no mesmo píer, mais ou menos no estacionamento do Soho. Foi uma confusão generalizada. Não vi como começou. Quando me dei conta, percebi que Marcelo Guimarães Filho estava no meio. Estavam puxando ele pela camisa. Haviam duas mulheres segurando ele, tentando tirá-lo da briga – revela a fonte, que deu mais detalhes sobre o ocorrido.

– Na hora que eu olhei, o Marcelo queria investir contra um cara. Pegar ele pela cintura. Ele tomou um murro, recuou e o irmão dele partiu para cima. O Jairinho [também conhecido como Bilinho, amigo de infância de MGF] também tomou um murro. Não consegui identificar se [Jairinho e MGF] estavam de lados opostos ou juntos. Depois Jairinho ficou lá colocando gelo no local – afirma.
Ainda segundo a fonte, Marcos Guimarães era o mais exaltado durante a confusão e chegou a partir para cima dos agressores do irmão.

– O irmão dele também estava. Era o mais exaltado. Marcelo saiu e deixou ele lá. Jogaram até uma garrafa no meio da confusão – completou.

Notícias Relacionadas