Suíça bloqueia dinheiro que seria do mensalão do DEM

A Justiça da Suíça bloqueou nove contas secretas de Genebra e Zurique sob a suspeita de ser dinheiro do esquema de corrupção do mensalão do DEM. Desde março passado, US$ 6,8 milhões (R$ 15 milhões) estão congelados.

Segundo informações do Estadão, houve tentativa de reverter a decisão desencadeada por investigações do Ministério Público suíço.

A Procuradoria-Geral já denunciou ao Superior Tribunal de Justiça 37 pessoas pelo mensalão do DEM. Entre os acusados estão o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda e o ex-vice-governador Paulo Octávio. Na época do escândalo, em 2009, Arruda chegou a ficar preso. Ele aparecia em um vídeo recebendo dinheiro. (Diário do Poder)

Notícias Relacionadas