Estudante de Educação Física envolvido em morte de médico é preso

José Wilson Mendonça (Foto: SSP/Divulgação)
José Wilson Mendonça (Foto: SSP/Divulgação)
Salvador – A delegada Mariana Ouais, da 1ª Delegacia de Homicídios (Atlântico) anunciou a prisão do estudante de Educação Física José Wilson Mendonça Messias de Figueiredo, o “Zezinho”, 21 anos, envolvido no latrocínio do médico juazeirense Marcos Spínola Ramos, ocorrido em fevereiro de 2013, durante o Carnaval de Salvador.

Com mandado de prisão expedido pela 5ª Vara Criminal, Zezinho foi capturado na manhã de quarta-feira (8), por investigadores do Grupo de Apreensão e Captura (Grac), na residência do pai, na Alameda Dílson Jathy Fonseca, em Stella Maris, e encaminhado ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo a delegada, Zezinho, usuário de drogas e instrutor de educação física numa academia em Salvador, costumava comprar entorpecentes com a quadrilha liderada por Arthur Arlindo Barbosa Pacheco, o “Arthurzinho”, desarticulada em dezembro do ano passado, durante operação do DHPP, na localidade do Alto da Sereia, entre Ondina e Rio Vermelho.

Entre os integrantes do bando, pelo menos quatro estão envolvidos no latrocínio do médico, espancado e morto na madrugada de 9 de fevereiro de 2013, em Ondina, ao sair de um camarote, no Circuito Barra. De acordo com a delegada Mariana, ao tentar recuperar uma corrente de ouro roubada de um primo, que o acompanhava, a vítima foi agredida pelos ladrões.

Ainda segundo a delegada, Zezinho, já encaminhado ao sistema prisional,estava com o grupo e foi um dos agressores, desferindo um soco no médico, que já caiu desacordado e continuou agredido pelos integrantes da quadrilha.

Notícias Relacionadas