MP abre mais 10 vagas no concurso; inscrições até o dia 10 de fevereiro

Salvador – Mais 10 vagas para o cargo de assistente técnico-administrativo foram disponibilizadas pelo Ministério Público do Estado da Bahia no “IV Concurso Público para Provimento de Cargos do Quadro de Pessoal Permanente”, que inicia hoje, dia 13, o seu período de inscrições. Agora, a Instituição oferece um total de 90 vagas, sendo 60 para cargos de analista técnico, 25 para assistente técnico-administrativo (que ganhou as novas vagas) e 5 para motorista. Os candidatos podem realizar as inscrições até o dia 10 de fevereiro de 2014, no site www.institutoaocp.org.br. A taxa de inscrição é de R$ 80,00 para os cargos de nível médio (assistente técnico-administrativo e motorista) e de R$ 120,00 para os cargos de nível superior (analista técnico). A jornada normal de trabalho para todos os cargos é de 40 horas e a remuneração inicial prevista é de R$ 2.775,71 para os cargos de assistente-técnico administrativo e motorista, e de R$ 5.000,29 para o cargo de analista técnico. As provas serão aplicadas no dia 23 de março de 2014, em Salvador.

No edital republicado no Diário do Poder Judiciário de hoje, constam também algumas outras modificações, como a reorganização do número de questões da prova de analista técnico. Do total de vagas disponibilizadas para este cargo, 5 são para Arquitetura, 8 para Engenharia Civil, 17 para Ciências Contábeis, 1 para Administração, 20 para Direito, 1 para Ciências Biológicas, 1 para Engenharia Ambiental, 1 para Geologia, 1 para Urbanismo e 5 para Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação. A lotação das vagas de analista técnico, assistente técnico-administrativo e motorista será de acordo com a necessidade do Ministério Público baiano.

Os aprovados poderão trabalhar tanto na capital quanto no interior do estado, sendo que são requisitos para participar do concurso: ter nacionalidade brasileira ou portuguesa; ter no mínimo 18 anos; ter os pré-requisitos para o cargo pretendido; estar em dia com as obrigações eleitorais; estar quite com as obrigações militares, no caso dos homens; estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos; gozar de boa saúde física e mental para o exercício do cargo; e declarar que conhece e está de acordo com as exigências do edital. Mais informações poderão ser obtidas no site www.institutoaocp.org.br.

Notícias Relacionadas