Gaban e Bruno Reis disputem comando da liderança da oposição na AL-BA

Oposição unida, mas nem tanto. Na Assembleia Legislativa da Bahia os deputados Carlos Gaban (DEM) e Bruno Reis (PMDB) travaram uma discussão nos últimos dias em torno da liderança da bancada de oposição ao governo Jaques Wagner, o que descortinou uma disputa acirrada pelo comando do bloco.

Na semana passada, por conta da visibilidade dada pela imprensa à votação da PEC dos Royalties, os dois deputados foram protagonistas de embates sobre a proposta do Estado. Apesar de terem entrado em ebulição, eles negaram para a imprensa que estejam em briga pelo poder no colegiado.

A troca de comando da oposição deve ocorrer depois da votação do Orçamento de 2014, quando a Assembleia entra em recesso e finaliza o ano de 2013 – dando início à nova legislatura. Bruno Reis ocupou interinamente o cargo de líder da oposição na AL-BA com o apoio de Geddel Vieira Lima e ACM Neto – devido a uma viagem programada de Elmar Nascimento (DEM, antes PR), atual líder.

De acordo com informações dos aliados, um rodízio interno é respeitado. Primeiro, Elmar assumiu após Reinaldo Braga (PR) e Paulo Azi (DEM) terem atuado como líderes nos anos anteriores. Na lógica do rodízio instituído, o PMDB seria o próximo partido a pleitear a vaga, podendo ser qualquer um dos três parlamentares: Leur Lomanto Jr, Luciano Simões ou Bruno Reis.(Vitor Fernandes, Tribuna)

Notícias Relacionadas