Cristiano Ronaldo é eleito o melhor jogador do mundo

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor jogador do mundo pela segunda vez ao levar o prêmio Bola de Ouro FIFA. Nadine Angerer foi a escolhida entre as mulheres. Jupp Heynckes, ex-técnico do Bayern de Munique, e a treinadora da seleção alemã feminina, Silvia Neid, conquistaram os prêmios de Técnico do Ano da FIFA no futebol masculino e feminino, respectivamente.

Os vencedores, que foram escolhidos pelos votos de treinadores e capitães das seleções nacionais, bem como por representantes da imprensa internacional selecionados pela FIFA e pela revista France Football, foram escolhidos na cerimônia da Bola de Ouro FIFA no Kongresshaus de Zurique neste dia 13 de janeiro de 2014. O processo de votação foi inteiramente supervisionado e monitorado pelo PricewaterhouseCoopers Suíça (PwC).

O show de 90 minutos teve um início marcante com o foco no Brasil, onde a Copa do Mundo da FIFA terá início dentro de seis meses. A apresentadora Fernanda Lima e o ex-jogador holandês Ruud Gullit comandaram o espetáculo, que teve 1.100 convidados e foi transmitido a 180 países.

O evento contou com ícones das cinco conquistas mundiais brasileiras: Pelé (campeão em 1958, 1962 e 1970), Amarildo (1962), Carlos Alberto Torres (1970), Bebeto (1994), Cafu (1994 e 2002) e Ronaldo (1994 e 2002), bem como o craque Neymar, que em julho tentará ajudar a seleção a conquistar o hexa dentro de casa. A modelo brasileira Adriana Lima e o cantor suíço-brasileiro Marc Sway deram mais uma ideia do que os torcedores poderão conferir no Brasil dentro de 150 dias.

O evento homenageou os melhores do futebol em 2013. A FIFPro, união internacional de sindicatos de jogadores, convidou 52 mil atletas profissionais ao redor do planeta para escolherem a sua equipe dos sonhos: a Seleção Mundial da FIFA/FIFPro. Os jogadores escolhidos para formar a seleção de 2013 foram Manuel Neuer (Alemanha); Daniel Alves (Brasil), Sergio Ramos (Espanha), Thiago Silva (Brasil) e Philipp Lahm (Alemanha); Xavi (Espanha), Andrés Iniesta (Espanha) e Franck Ribéry (França); Cristiano Ronaldo (Portugal), Zlatan Ibrahimovi? (Suécia) e Lionel Messi (Argentina).

Também foi premiado o vencedor do Prêmio Puskás da FIFA de gol mais bonito do ano, conforme votação no FIFA.com, no canal da FIFA no YouTube e no francefootball.fr com torcedores de todo o mundo. O prêmio, criado em 2009 em homenagem a Ferenc Puskás, capitão e astro da seleção húngara da década de 1950, foi o atacante sueco Zlatan Ibrahimovi?, que marcou um golaço de bicicleta de fora da área pela Suécia em um amistoso contra a Inglaterra em 13 de novembro de 2012. Ibrahimovi? recebeu 48,7% dos votos, à frente de Nemanja Mati? (30,8%) e Neymar (20,5%).

Durante a cerimônia, receberam homenagens aqueles que contribuíram para o futebol dentro e fora de campo. Ex-presidente do COI, Jacques Rogge ganhou o Prêmio Presidencial da FIFA do presidente Joseph S. Blatter em reconhecimento ao seu incansável trabalho para defender a integridade no esporte internacional. Rogge se destacou por uma abordagem renovadora, inteligente e humilde de liderança e colocou o movimento olímpico de volta em um caminho seguro e estável rumo ao futuro. Além disso, Pelé recebeu o Prêmio de Honra da Bola de Ouro FIFA pelas suas conquistas e realizações ao longo da vida.

O prêmio FIFA Fair Play foi dado à Federação Afegã de Futebol por manter o espírito de coragem e solidariedade contra todas as probabilidades em meio aos efeitos do pós-guerra, da desordem e do conflito. Embora o país tenha sido devastado pela violência e por guerras em tempos recentes, a Federação Afegã de Futebol continuou construindo uma infraestrutura futebolística, desenvolveu a base do futebol e abriu o esporte para um público mais amplo, entre eles as mulheres e famílias.

Resumo dos votos:

A Bola de Ouro FIFA foi entregue pela quarta vez nesta noite após a fusão do prêmio Jogador do Ano da FIFA com o Ballon D’Or da revista France Football, fato que ocorreu em 2010.

* 184 técnicos de seleções, 184 capitães de seleções e 173 representantes da imprensa votaram no Bola de Ouro FIFA. Cristiano Ronaldo assegurou o título com 1.365 pontos, contra 1.205 pontos de Lionel Messi e 1.127 de Franck Ribéry.

* 147 treinadores e treinadoras de seleções, 146 capitãs de seleções e 88 representantes da imprensa votaram na Jogadora do Ano da FIFA. Nadine Angerer obteve 612 pontos, contra 539 da americana Abby Wambach e 493 da brasileira Marta.

* 183 técnicos de seleções, 185 capitães de seleções e 173 representantes da imprensa votaram no Técnico do Ano da FIFA de futebol masculino. Jupp Heynckes conquistou o troféu com 1.806 pontos. Em 2013, ele foi o primeiro técnico a ganhar a tríplice coroa com um clube alemão, conquistando o título nacional, a Copa da Alemanha e a Liga dos Campeões da Europa. O segundo colocado foi Jürgen Klopp, técnico do Borussia Dortmund, com 766 pontos, e o terceiro foi o ex-treinador do Manchester United, Alex Ferguson, com 711 pontos.

* 146 treinadores e treinadoras de seleções, 146 capitãs de seleções e 88 representantes da imprensa votaram no Técnico do Ano da FIFA do futebol feminino. Silvia Neid, que levou a Alemanha, seleção mais jovem da Eurocopa Feminina disputada na Suécia, ao oitavo título continental da sua história, dominou o cenário, com 1.036 pontos. Em segundo lugar, com 445 pontos, ficou Ralf Kellermann, técnico que ganhou com o Wolfsburg a tríplice coroa alemã (campeonato nacional, Copa da Alemanha e Liga das Campeãs da Europa). Em terceiro ficou Pia Sundhage, comandante da seleção da Suécia, com 430 pontos.

Para obter mais informações sobre a cerimônia, reportagens de bastidores e detalhes dos votos e porcentagens, entre no FIFA.com e no francefootball.fr.

Notícias Relacionadas