Costa Concordia será removido em junho da ilha de Giglio

Agência ANSA

Roma – O chefe da Defesa Civil da Itália, Franco Gabrielli, anunciou que a operação que removerá o navio Costa Concordia da ilha de Giglio acontecerá no próximo mês de junho. “Confirmamos que a remoção do navio será feita no mês de junho”, disse Gabrielli, em uma coletiva de imprensa. As autoridades italianas, no entanto, ainda não sabem para qual porto a embarcação será levada para ser desmontada. Essa decisão deve ser tomada até março. Segundo Gabrielli, existem 12 portos disponíveis para receber o navio e empresas de seis países interessadas nos serviços de demolição.

No entanto, o ministro italiano do Meio Ambiente, Andrea Orlando, afirmou que o governo “deveria dar preferência” a um porto nacional para desmontar o navio.

O Costa Concordia naufragou em 13 de janeiro de 2012, na ilha de Giglio, na Itália, provocando 32 mortes. A embarcação se chocou contra rochas e ficou encalhada, tombada em um ângulo próximo de 45º. Em setembro do ano passado, as autoridades italianas concluíram com êxito a operação para endireitar o navio e colocá-lo, novamente, em pé.

Notícias Relacionadas