Ideli também usou verba extra para privilegiar Santa Catarina

CLÁUDIO HUMBERTO

A ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti (PT-SC), também foi beneficiada pelos recordistas de empenhos extra-orçamentários em dezembro de 2013. Só no Ministério do Turismo, de Gastão Vieira, Ideli emplacou R$61,3 milhões de verba extra para seu Estado. O Ministério da Cidade foi outro que deu aquela forcinha para ministra, com R$ 30,5 milhões. Já a Agricultura empenhou R$ 6,2 milhões à Santa Catarina.

Emendas por apoio – Braço direito da presidente Dilma, Ideli Salvatti tenta conquistar apoio de prefeitos para sair candidata ao Senado ou mesmo à Câmara.

Isolada – A ministra enfrenta dificuldades internas após ter sido derrotada pelo ex-deputado Cláudio Vignatti à presidência do PT de Santa Catarina.

Olho nas eleições – Segundo dados do Siafi, os ministros Antônio Andrade (Agricultura), Aguinaldo(Cidades) e Gastão foram campeões de verba extra em 2013.

Só pensa em si – Partidos da base estão em pé de guerra com ministro Aguinaldo, que destinou verba à Paraíba, mas não empenhou emendas parlamentares. (Coluna de Cláudio Humberto)

Leia também:

Notícias Relacionadas