Por eleição, ministros privilegiam seus Estados

CLÁUDIO HUMBERTO

Alvo de críticas após ter dado o bolo nas emendas prometidas ao PT e PMDB, o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), empenhou para a Paraíba R$41,6 milhões, de R$ 331 milhões extra-orçamentários liberados em dezembro de 2013. Segundo levantamento feito no Siafi, Aguinaldo está entre recordistas de liberação de verba extra, perdendo apenas para Gastão Vieira (Turismo) e Antônio Andrade (Agricultura).

Em benefício… – De olho na reeleição, deputado Gastão (PMDB) destinou ao Maranhão R$ 66,3 milhões de verba extra em dezembro, de total de R$ 479,9 mi.

…próprio – Já Antônio Andrade (PMDB) tirou R$ 50,1 milhões para Minas, sua terra, dos R$ 186,4 milhões de verba extra-orçamentária empenhada.

E agora, José? – Único deputado do PP da Paraíba, Aguinaldo terá dificuldade para explicar por que negou emendas à sua bancada quando se beneficiava.

Compra de apoio – Conforme revelou a Coluna no dia 25 de dezembro, a bancada da PB quer convocar o ministro para explicar suposta ‘cooptação’ de prefeitos. (Coluna de Cláudio Humberto)

Leia também:

Notícias Relacionadas