Governo do Maranhão critica divulgação de vídeo de decapitados

O governo do Maranhão classificou nesta terça-feira (7) como “um ato de completa selvageria” as imagens da decapitação de presos durante uma rebelião no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. A gestão de Roseana Sarney (PMDB) também criticou a divulgação do vídeo, veiculado pela Folha.

“Divulgar esse tipo de gravação é repudiante, pois só corrobora com uma ação no mínimo criminosa, com apelo sensacionalista e que fere todos os preceitos dos direitos humanos e as leis de proteção ao cidadão e à família [dos detentos mortos], que se vê novamente diante de uma exposição brutal”, disse o governo, em posicionamento assinado pela Secretaria Estadual de Comunicação.

Após receber o texto, a reportagem telefonou para a assessoria de comunicação do governo para esclarecer se o repúdio mencionado pela administração se referia aos presos que divulgaram o vídeo feito durante a rebelião de 17 de dezembro passado ou à Folha, que veiculou as imagens nesta terça-feira. (Folha de São Paulo)

Notícias Relacionadas