Presidente da Fifa critica atrasos do Brasil para a Copa

Joseph Blatter
Joseph Blatter
Agência ANSA

Genebra – O presidente da Fifa, Joseph Blatter, criticou os atrasos do Brasil nas obras de preparação para a Copa do Mundo de 2014 e destacou que nunca havia acontecido algo parecido. Segundo ele, só agora, faltando menos de um ano para o início da Copa do Mundo, o Brasil se deu conta da necessidade de acelerar as obras para que tudo fique pronto até junho.

Blatter disse que o Brasil foi escolhido em 2007 para sediar o evento. Mesmo assim, seis dos 12 estádios que serão utilizados no torneio ainda não foram entregues. “O Brasil acabou de ficar ciente do que ela [a Copa do Mundo] é. Eles começaram tarde demais. É o país mais atrasado desde que estou na Fifa, e ainda é o único que teve tanto tempo – sete anos – para se preparar”, disse Blatter, em entrevista ao jornal suíço 24 Heures, divulgada ontem (5).

Por sua vez, o Ministério do Esporte respondeu as críticas do presidente da Fifa afirmando que o país estará pronto a tempo para receber o evento esportivo marcado para iniciar em 12 de junho.

“As informações que chegaram ao Ministério do Esporte, enviadas pelas autoridades encarregadas de preparar as cidades-sedes para a Copa do Mundo e aquelas apuradas pelo próprio ministro, que a cada três meses visitas as obras, dão conta de que o país estará pronto a tempo”, afirma em nota o Ministério do Esporte. Com informações de Estadão Conteúdo. (Ansa Brasil)

Leia também:

Notícias Relacionadas