Barco com 233 imigrantes ilegais é resgatado no Mediterrâneo

Agência ANSA

Roma – O ano de 2013 foi marcado por grandes tragédias com barcos de imigrantes ilegais no mar Mediterrâneo, que deixaram mais de 400 mortos. E 2014 já começou mostrando que o risco de um novo naufrágio permanece alto.

Na noite de ontem (1), uma pequena embarcação de cerca de 10 metros de comprimento com 233 pessoas foi localizada e resgatada pela Unidade da Marinha Militar da Itália a aproximadamente 130 km ao sul da ilha de Lampedusa. O barco foi avistado às 19h30 no horário local e pouco mais de meia hora depois todos os estrangeiros, provenientes da Eritreia, Nigéria, Somália, Paquistão, Zâmbia e Mali, estavam a salvo no navio San Marco.

A ação contou com o auxílio de helicópteros da operação Mare Nostrum, projeto iniciado em outubro de 2013 pelo governo italiano para enfrentar a questão da imigração ilegal no sul da Europa e tornar o mar Mediterrâneo um lugar mais seguro. (Ansa Brasil)

Notícias Relacionadas