ACM Neto atocha nos soteropolitanos e acaricia as empreiteiras

Prefeito ACM Neto (Foto: Max Haack/Agecom)
Prefeito ACM Neto
REDAÇÃO DO JORNAL DA MÍDIA

Após aprovarem o projeto do prefeito ACM Neto (DEM) que elevou a carga tributária dos soteropolitanos — entre os quais destaca-se o aumento do IPTU –, a pretexto de arrecadar recursos para livrar Salvador da falência e executar obras na cidade, os vereadores vão se reunir nesta quarta-feira para votar outro projeto do prefeito.

Desta vez, vão decidir se a Prefeitura deve abrir mão de cobrar das empreiteiras envolvidas na implantação do metrô Salvador-Lauro de Freitas o pagamento de R$ 1,3 bilhão referente ao Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) no prazo de 10 anos.

Os vereadores sintonizados com os interesses dos soteropolitanos só têm uma decisão a tomar: votar contra o projeto. Qual seria a justificativa para aprovar um projeto desta natureza se recentemente os edis aprovaram outro que redundou na elevação brutal da carga tributária em Salvador com o objetivo de encher os cofres da Prefeitura?

Os vereadores devem raciocinar como seus eleitores e perguntarem a si mesmo: Como é que o prefeito ACM Neto impõe um sacrifício aos habitantes de Salvador e ao mesmo tempo quer isentar as empreiteiras do pagamento de uma taxa bilionária de ISS? Como é que uma cidade falida abre mão de R$ 1,3 bilhão em impostos? A cidade está precisando ou não de recursos? Qual a razão para se adotar decisões tão divergentes, na base de um peso e duas medidas?

O grande problema é que parece haver poucos vereadores sintonizados com os interesses dos soteropolitanos e com a justiça fiscal. Um exemplo disso ficou evidente no projeto que redundou na aprovação do recadastramento dos imóveis da cidade, quando os casebres foram equiparados a mansões.

Vamos explicar: os vereadores aprovaram sem pestanejar a proposta do prefeito que definiu multa de R$ 412,62 indistintamente para todos os que não se recadastrarem, seja o dono de um casebre no valor de R$ 5 mil ou o proprietário de uma mansão avaliada em R$ 5 milhões. Neste caso, o dono do casebre está sujeito a pagar multa correspondente a mais de 8% do valor do imóvel, enquanto o da mansão pagaria apenas 0,0008%. Se estivessem interessados na justiça fiscal, os vereadores deveriam contestar a proposta e exigir a adoção de multa diferenciada, com base no padrão construtivo e na área de localização do imóvel.

O cidadão de Salvador deve ficar atento e avaliar bem as decisões de seus governantes para saber como votar nas próximas eleições.

Notícias Relacionadas

14 Comentários

  1. Angelo

    Também quero isenção de ISS pra minha empresa, como faço para me candidatar?

  2. Pedro

    Votei em ACM Neto mas estou cada dia mais decepcionado, meus parabens pela denuncia, isso está cada vez mais fedorento. Se ele está atochando em nós sem vaselina como é que quer aliviar para as empreiteiras? Esses vereadores são uma desgraça nesta cidade, será que os vereadores do PT e do PC do B vão votar a favor desse descalabro?

  3. Carvalho

    A cada dia vejo que a gente não deve acreditar nos politicos, eles so fazem tudo pra se dar bem e que a gente se exploda, me deixe viu…

  4. Virgilio Prado

    Infelizmente os nossos vereadores são uns incapazes para exercerem o que eles não sabem não conhecem e que não entendem nada de carga tributária. São uns verdadeiros ignorantes.

  5. Fedegoso

    Caro Virgílio, eles não são ignorantes não, nem eles nem o prefeito. Eles são pessoas compromissadas. E que chegou a hora de pagar os compromissos de campanha, retribuir os favores, as simpatias, os votos obtidos. Ah! Não me venha dizer que empreiteiras não votam, que o exercício do voto é coisa de pessoas que aí o ignorante passa a ser você. Entendeu? São Francisco de Assis tem uma máxima boa para o caso.

  6. Carlos Guedes

    Os vereadores não são incompetentes e sim desonestos. Quanto ao mini prefeito esta no sangue a arrogância,
    o desrespeito para com o povo. Quem votou não adianta chorar sobre o leite derramado.

  7. Fedegoso

    Mestres, o resumo da ópera é o seguinte, a velha divisão continua: Quem é de direita defende o patrimônio do rei. Quem é de esquerda defende, se posta ao lado dos interesses do povo. A nossa Câmara de Vereadores defende, no caso, os interesses dos nobres. É que os Partidos nasceram para defender classes sociais. Ser amigo do Rei é um bom negócio, creem eles. O vereador Edvaldo Brito sabe disto, por isso a divergência dele, por isso ele não assentou à mesa de “negociação”, que dizem acontecida. A velha política impera.

  8. JOSÉ LOURENÇO

    Tenho a declarar que sou bahiano e moro no Rio de Janeiro desde 1946, porém não deixei de amar a minha terra bahiano que sou, vcs que residem aí e votam aí, teem brigar contra esses nossos políticos ladrões do nosso país. Vejam o que aconteceu com o julgamento do MENSALÃO da robaleira do PT. Não foi uma Pizza como nós conhecemos com mussarela e linguiça. Foi uma Pizza dos nossos poderes do país.

  9. Bento

    A gora é que as pessoas estão caindo na real, simplesmente pq Neto é novinho, bonitinho que lembra Collor, estou vendo é a cidade arruinada, até mesmo o fantasma da inflação voltou. É isso que o baiano merece? Eu estaria pior com a minha consciência se tivesse votado nele.

  10. Itamar

    Esse Prefeito é uma piada de péssimo gosto, bom pra a galera do subúrbio ferroviário que fez aquela festa como se a pobreza e os dias ruins acabaram, estão tomando todos na cara, enquanto o cidadão tem que pagar multa se não cadastrar seu imóvel, as empreiteiras(que já são muito ricas) terão subsídio.
    É uma tapa sem mão na cara dos seus eleitores, eu NÃO ME ARREPENDO DE NÃO TER VOTADO NESSE PREFEITINHO!!!

  11. Rita Zambelli

    Gente!!! Me perdoe o menino ANTONIO CARLOS MAGALHÃES NETO – ACM NETO ou simplesmente Neto ou Netinho…
    Eu ja vi prefeitos quando iniciam um mandato fazerem cagadas nas suas cidades, mas igual a sta que esse menino autorizou aqui em SALVADOR – BA – não tem precedentes!
    Ele fechou literalmente a passagem de carros e onibus pela orla da Barra até o Farol da Barra e dizem que se tornará calçadão!!! As praias estão vazias… o transito nas ruelas em volta está o caos… a gente que usava transporte publico se ferrou de verde e amarelo!!!
    Os taxistas estão mortos de ódio, os motoristas de onibus estão indignados… os moradores estão desesperados. Tudo isso pra que???
    Vai aumentar o consumo e venda de drogas, ja que nao tem transito para fiscalizar. Teremos que amarrar as bolsas no pescoço para nao sermos assaltadas…
    Sinceramente ACM Neto… voce cagou e sentou em cima como diriam seu saudoso avô e também meu querido pai… os dois devem estar dando cambalhotas na sepultura!

  12. Maurício

    ACM (Ação Competência Moralidade) Alguém lembra disso? Só falta a história se repetir. O povo esquece fácil, as pessoas que nasceram na pobreza que conseguiram vencer na vida procuram esquecer seu passado e de onde vieram. Volta e meia pisam nos que estão a baixo. Imaginem um burguês criado em “berço de ouro” com uma herança política que….. só Deus.
    Netinho com aquele discurso arrogante, prepotente, autoritário cópia mal feita de vovô vai se preocupar com o quem? Com o povo? Que serve mesmo para tornar legitima com o voto a orgia e o descaso de um governo que é compromissado de verdade com os empresários e as comissões.

  13. Maria Souza

    A justiça deveria proibir esse aumento absurdo de IPTU na cidade de Salvador. Em São Paulo o tribunal de justiça vetou o aumento. Cadê a justiça aqui da Bahia??? Cadê a OAB??? A sociedade pede ajuda para lutar contra esse aumento que o povo de Salvador foi castigado…… Cadê a o povo de Salvador para ir para as ruas contra isso?? Cada vez mais a sociedade sendo lesada com aumento de impostos…

Comentários estão suspensos