Irmãos assaltante que agiam na região da Pituba são presos

Salvador – Apontados com autores de vários assaltos nos bairros do Rio Vermelho, Ondina e Pituba, os irmãos Gustavo, o “Gu”, e Adalto de Souza Barbosa, o “Pelezinho”, foram presos no Alto das Pombas, durante operação da 7ª Delegacia Territorial (Rio Vermelho). Algumas vítimas ouvidas pela delegada Jussara Souza, titular daquela unidade, informaram que a dupla anunciava os assaltos, ameaçando-as com um revólver.

Na casa ocupada pelos bandidos, no Alto das Pombas, os policiais apreenderam munições para revólver calibre 38 e pistolas 380 e 9mm, além de bolsas, cartões de crédito, documentos pessoais de terceiros, celulares, ipods, tênis e óculos, dentre outros produtos roubados. A delegada autuou Gu e Adalto por prática de roubo, mantendo-os custodiados na carceragem à disposição da Justiça.

Três motocicletas e um veículo modelo Santana foram apreendidos num imóvel localizado no bairro Morada dos Pássaros 3, em Vitória da Conquista, durante uma operação deflagrada pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) local, para desarticular uma quadrilha envolvida em roubos de motocicletas na região.

Cinco pessoas foram presas, por prática de roubo e receptação de veículos: Osney Novais Oliveira, 32 anos, Gilberto Oliveira Chaves, 33, Guilherme Rodrigues Silva, 18, Weslley Jonhanns Matoso, 23, e Jordane Alves dos Santos, 20. Já Itamar Féder Junior, 40, reagiu à prisão e foi baleado, morrendo no local.

A polícia apurou que Itamar já tinha passagem pela polícia. No imóvel, foram encontradas ferramentas utilizadas para adulteração de veículo, um revólver calibre 38, farta munição para calibres 12 e 22, três motocicletas (uma CB 300 branca, uma Honda Biz preta, uma Honda Bros vermelha) e um automóvel Santana.

Osney, Gilberto, Guilherme, Weslley e Jordane foram encaminhados à carceragem do Presídio Nílton Gonçalves, onde estão à disposição da Justiça. A operação contou com a participação de investigadores do Núcleo de Tóxicos e Entorpecentes (NTE), da Delegacia de Homicídios local e do Grupo de Apoio Tático (GAT) da 10ª Coordenação Regional de Polícia do Interior (Vitória da Conquista).

Reféns – Uma guarnição da 77ª Companhia Independente da Polícia Militar (Vitória da Conquista) prendeu Kairo da Silva dos Santos e Wânderson Clarindo Nascimento, após receber uma denúncia de que estaria ocorrendo um assalto numa loja no centro da cidade.

Ao chegarem no local, os policiais militares percebem que um rapaz, que se dizia funcionário do estabelecimento comercial, estava com uma arma na cintura. Ao receber voz de prisão, ele e seu comparsa começaram a ser agredidos pelos verdadeiros comerciários. Com os bandidos a PM encontrou um revólver calibre 38, uma faca, 11 celulares e R$ 835.

Os acusados foram apresentados na Divisão Integrada de Segurança Pública (Disep), juntamente com o revólver e a faca e o material roubado.

Notícias Relacionadas