970×90

Papa Francisco condena ‘guerras comerciais para vender armas’

Cidade do Vaticano – O papa Francisco reiterou hoje, dia 8, seu contundente rechaço uma ação militar na Síria, denunciando as “guerras comerciais para vender armas” e sua proliferação.

De acordo com Jorge Mario Bergoglio, “sempre fica a dúvida se esta guerra de aqui ou de lá é uma guerra verdadeira ou é uma guerra comercial para vender armas ou para aumentar o tráfico ilegal destas”.

Durante a oração do Angelus, na Praça São Pedro, renovou seu chamado para uma “solução do conflito fratricida”, pedindo orações “para que cesse de imediato a violência e a devastação na Síria”.

“Para que serve fazer guerras, tantas guerras, se não se é capaz de fazer esta guerra profunda contra o mal?”, destacou o Papa.

O Papa ainda agradeceu a todos aqueles que participaram ontem de um jornada de jejum e orações conduzida por ele no último sábado pela paz “na Síria, no Oriente Médio e no Mundo”.

Notícias Relacionadas

1 Comentário

  1. alan kevedo

    O grande Jesus veio nos exortar à fraternidade, mas aí inventaram que ele fundara uma religião, e deu no que deu. Onde o mal se esconde, na Bíblia? Alguns dirão que ele está em EZEQUIEL 23:20 , com a judia Ooliba a deixar claro sua preferência pelos paus grandes dos egípcios. Outros, porém, dirão que ele está em GÊNESIS 38:9, com o danado do Omã tocando punheta dia a dia. Mas, não , não é nada disso. O mal na Bíblia, pode estar bem espalhado nela como o vírus HIV se dissemina pelo organismo humano e há aqui outro paralelo, de nos deixar perplexos! No início forçara-se a crença de que a AIDS seria uma doença “Gay”, depois verificou-se que poderia afetar homens, mulheres, moradores de rua, crianças e até animais, paralelo devastador com a Bíblia, visto que entre religiosos não cessam as deinúncias de ladroagem de bancos, pedofilia, estupro e o “pau come” contra qualquer um, homem ou mulher, hétero ou homo que queira contestar as páginas, em branco, das versões bíblicas onde se escondem anjos e profetas, sob o manto protetor de um “ÓPIO” chamado DOGMA. E Jesus? Ora, Jesus fazia passeatas, lá na Palestina do tempo dele, contra tudo isso. Jesus nunca aceitou religião. Quem criou a religião, foram os teólogos e quem aceitou religião foi a civilização judaico-cristã. O resultado dessa opção? -Sai à rua à noite. Deixa a chave de ignição , no seu carro. Leia jornais e revistas e veja o que eles dizem da corrupção, da violência e de toda sorte de desmandos que há em países de maioria religiosa e compare com países como a Dinamarca, a Noruega, a Suécia e outros que já baniram a Bíblia de suas vidas. Há mais de quinhentos anos que os religiosos estão nos salvando. A mim, particularmente, peço que me deixem ir pro inferno e lá aprender política com os gregos e Maquiavel.

Comentários estão suspensos