ONU: conclusão sobre armas químicas na Síria só sai depois de testes em laboratório

 Agência Lusa

Nova York – Os peritos da Organização das Nações Unidas (ONU) não vão tirar conclusões sobre o uso de armas químicas na Síria antes do resultado das análises laboratoriais. A informação é do porta-voz da ONU, Martin Nesirky.

Segundo o porta-voz, os peritos vão apresentar resultados de forma imparcial e crível.

Os inspetores da ONU deixaram hoje (31) a Síria depois de uma missão no país. Eles visitaram os arredores de Damasco para recolher vestígios de um eventual uso de armas químicas.

“Não podemos ainda estabelecer um calendário” para as conclusões, disse Martin Nesirky, após reunião do secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, e da alta representante da ONU para o Desarmamento, Angela Kane, que também esteve na Síria.

A oposição síria e vários países ocidentais acusam o regime de Bashar Al Assad de utilizar gás tóxico em um ataque ocorrido há dez dias, nos arredores de Damasco, provocando a morte de centenas de pessoas. O regime sírio nega as acusações.

Notícias Relacionadas