Manifestantes são presos em Pernambuco após protesto que fechou a BR-101

Sabrina Craide
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Cinco integrantes do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Pernambuco (Sindmetal-PE) foram presos na manhã de hoje (30) após um protesto na BR-101. Eles bloqueavam o tráfego na rodovia durante uma manifestação pelo Dia Nacional de Mobilização e Paralisação. Segundo a Polícia Militar (PM), os ativistas foram conduzidos para a delegacia de Jaboatão dos Guararapes e assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência, no qual assumem o compromisso de se apresentar à Justiça para ser julgado por um juiz.

De acordo com o tenente-coronel Roberto Galindo, comandante do 18º Batalhão da PM de Pernambuco, os manifestantes foram detidos por impedir o direito de ir e vir e também por desobediência. “Eles fecharam duas faixas de uma rodovia importante, não quiseram negociar e provocaram o fechamento do funcionamento do Porto de Suape”, disse. Segundo Galindo, a rodovia ficou bloqueada das 6h30 às 11h30.

Em nota, a Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco informou que os manifestantes foram detidos de forma arbitrária e truculenta. “Repudiamos essa ação que, mais uma vez expõe a forma descabida como o governo do estado trata os movimentos sociais, quando estão em defesa de seus direitos e lutando por um país justo e digno para os trabalhadores”.

Notícias Relacionadas