Greve de ônibus amanhã em Salvador é boato, garante Sindicato dos Rodoviários.

Os ônibus pararam durante quatro horas em Salvador
Os ônibus pararam durante quatro horas em Salvador
Salvador – A diretoria do Sindicato dos Rodoviários da Bahia classificou de boato as notícias divulgadas de que de haverá greve de ônibus amanhã em Salvador. Fábio Primo, vice-presidente da entidade, disse que as informações sobre a paralisação não procedem e se a categoria tivesse programado o sindicato divulgaria com bastante antecedência para não pegar a população de surpresa.

O Sindicato dos Rodoviários comemorou a adesão total dos trabalhadores ao Dia Nacional de Paralisação programado pelas centrais sindicais. “A manifestação da Bahia foi uma das maiores do país. Paramos todas as garagens nas primeiras horas da manhã. Conseguimos nosso objetivo de chamar a atenção para nossas reivindicações”, afirmou o presidente da entidade, Hélio Ferreira.

No início da manhã, rodoviários dos ramos urbano, intermunicipal, metropolitano e fretamento se reuniram na porta das garagens desde às 4h e atrasaram a saída dos coletivos. O movimento faz parte do Dia Nacional de Mobilização e Paralisação, organizado pelas centrais sindicais em todo país.

Em Salvador, desde o início da manhã, os pontos de ônibus ficaram cheios, mas as principais estações de transbordo permaneceram vazias, já que a promessa era de que os coletivos voltassem a rodar apenas a partir das 8h. De acordo com Primo, os ônibus começaram a circular antes do horário programado: “nós começamos a liberar os ônibus mais cedo, às 7h. O sistema estava normalizado às 8h”.

Notícias Relacionadas